domingo, 28 de agosto de 2022

O ÚNICO GUIA VERDADEIRO

 O ÚNICO GUIA VERDADEIRO

Então Deus disse a Balaão: “Não vá com eles, nem amaldiçoe o povo; porque é povo abençoado.” Números 22:12

Os moabitas eram um povo degradado e idólatra; porém, manifestaram sinceridade e perseverança nos esforços persistentes de garantir o poder da adivinhação contra Israel. De acordo com a luz que haviam recebido, a sua culpa não era tão grande aos olhos do Céu quanto a de Balaão. Uma vez que ele alegava ser profeta de Deus, tudo que dizia supostamente provinha do Senhor Jeová. Logo, não tinha permissão de falar o que escolhesse, mas precisava transmitir a mensagem que Deus lhe desse. O Senhor enxergava nesse profeta pretensioso um homem cujo coração estava contaminado por engano e hipocrisia. Por isso, tratou-o de acordo com os seus caminhos perversos e obstinados.

Essa situação está no registro bíblico para benefício de todas as gerações posteriores. É perigoso brincar com Deus a fim de seguir uma vontade teimosa e determinada. No presente, há milhares de pessoas que traçam um rumo parecido com o de Balão. Andam nos próprios caminhos e aconselham-se com o próprio coração, sob a farsa de ser guiados e controlados pelo Espírito de Deus. As orações dessas pessoas voluntariamente enganadas são respondidas de acordo com o espírito que as instiga. Cumprindo Seus sábios desígnios, o Senhor permite, com frequência, que as coisas aconteçam à maneira delas. Caminham em meio a um ar carregado, a atmosfera que Satanás expira na alma.

Perigos cercam o caminho de todo aquele que, abandonando o único Guia verdadeiro, tenta à luz da própria sabedoria encontrar uma rota segura em meio aos perigos e às dificuldades deste mundo. Essa pessoa se coloca em uma situação bem mais perigosa do que o viajante que escala um desfiladeiro escorregadio. Se perder o equilíbrio por um instante, cairá e será despedaçada. O salmista descreveu o perigo daqueles que não caminham com Deus, mas, por um instante, parecem prósperos de maneira negativa: “Tu certamente os pões em lugares escorregadios e os fazes cair na destruição. Como são destruídos num instante! São totalmente aniquilados de terror!” (Sl 73:18, 19) (The Signs of the Times, 25 de novembro de 1880).

PARA REFLETIR: Você ainda ouve a voz de Deus? Ele guia a sua vida? Como ter certeza de que você O está seguindo?
https://youtu.be/tXIyr5KhLcg

MEDITAÇÃO DIÁRIA

28 de agosto
https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-unico-guia-verdadeiro/

Nenhum comentário:

O CONSUMADOR DA OBRA

  MEDITAÇÃO DIÁRIA O CONSUMADOR DA OBRA Quando Jesus tomou o vinagre, disse: “Está consumado!” João 19:30 O Senhor não vem a este mundo com ...