quarta-feira, 27 de julho de 2022

Josué 8 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Josué 8

Comentário Pr Heber Toth Armí

Josué 8 – Deus pode usar nossos erros para dar-nos vitórias. Ele pode reverter maldições em bênçãos.

Deus orientou Israel a formar um grupo que deveria fugir fingindo estar com medo de uma nova derrota – a fuga serviria de isca levando o exército inimigo a abandonar a cidade; na sequência, outro grupo do exército israelita a incendiaria. O esquema de Deus deu certo, mostrando que Ele pode usar nossos fracassos para acertar nossa rota (Josué 8:1-29).

Por outro lado, observa-se que nem toda vitória sobre o povo de Deus significa absoluta derrota. O exército de Ai venceu Israel uma vez, mas assim que Israel resolveu o problema eliminando Acã (Josué 7:24-26), e submeteu-Se às instruções divinas, seus inimigos nada mais puderam contra o povo. 

• Ainda que a igreja sofra ataques, enfrentando dores de algumas derrotas, sejamos cientes que, certamente Deus pode reverter frustração em vitória.

O livro de Josué ensina dependência constante a Deus, a qual passa pela independência do próprio eu. Quando Deus orienta, é importante acatar (Josué 8:1), pois o sucesso vem dEle (Josué 8:7). Por isso, é fundamental ouvir Seu apelo: “Façam o que o Senhor ordenou. Atentem bem para as minhas instruções” (Josué 8:8).

• Confiar em si mesmo impede a ação divina em nossa vida. Portanto, e imprescindível submeter-se a Deus e à Sua Palavra.

Sobre submissão a Deus que trata o final do capítulo. As instruções divinas dadas a Moisés, escritas no Livro da Lei de Moisés, foram seguidas à risca. Após um grupo se colocar em pé defronte do monte Gerizim e outro defronte do monte Ebal, “para que o povo fosse abençoado... Josué leu todas as palavras da lei... não houve uma só palavra de tudo o que Moisés tinha ordenado que Josué não lesse para toda a assembleia de Israel, inclusive mulheres, crianças e os estrangeiros que viviam no meio deles”.

Independente da idade e nacionalidade, acatemos “toda Palavra que sai da boca de Deus” (Mateus 4:4); pois “toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção e para a instrução na justiça, para que o homem de Deus seja apto e plenamente preparado para toda boa obra” (2 Timóteo 3:16-17). Assim viveremos Seus planos maravilhosos para nós! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz‌‌

Nenhum comentário:

O PADRÃO DE BONDADE

  O PADRÃO DE BONDADE E Ele disse-lhe: “Por que Me chamas bom?” Mateus 19:17, ARC O grande conflito entre o Príncipe da luz e o príncipe das...