quinta-feira, 10 de março de 2022

Fracassos X caminho da vitória

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Êxodo 06

Comentário Pr Héber Toth Armí

ÊXODO 6 – Certos fracassos fazem parte da trajetória do crente. O fato de agir em nome de Deus pode ser frustrante, com resultados decepcionantes. 

Russell N. Champlin reconhece que certamente “a espiritualidade não depende de uma vitória em um golpe único. O caminho da vitória está salpicado de pequenas derrotas e vitórias por um longo período de tempo”.

Essa experiência na obra de Deus, Moisés e Arão tiveram. As coisas não fluíram conforme suas sinceras expectativas de fé. Muitas vezes nosso problema é frustrar-nos com a paciência de Deus (Êxodo 5:22-23; 2 Pedro 3:8-10).

Sentindo-se fracassado, Moisés indagou pela lógica de um monarca do maior império da época dar-se ao trabalho de receber alguém insignificante, desajeitado e com dificuldade na comunicação como ele (Êxodo 6:30). Moisés não era um super-homem, blindado, com superpoderes, superior a tudo e a todos; era tão frágil como nós e deveria depender de Deus assim como devemos depender também.

Conquanto, Deus fez papel de terapeuta de Moisés, visando conduzi-lo à cura da baixa autoestima:

• Deus Se revela de uma forma diferente (Êxodo 6:3); “o nome ‘SENHOR’ (Jeová ou Javé) havia aparecido anteriormente no texto; porém, agora assume novo significado”, observa William MacDonald. Está relacionado à aliança com Israel.

• Deus demonstra empatia pelos oprimidos e sofredores deste mundo, e declara que agirá em prol deles (Êxodo 6:5; 2:23-25; 3:7-10).

• Deus aviva a memória reiterando Suas preciosas e grandiosas promessas, cuja garantia é Ele mesmo (Êxodo 6:2-8).

• Deus insiste com Seus servos desanimados, decepcionados e depressivos... incentivando-os a cumprirem uma importante e nobre missão (Êxodo 6:10-13, 28-29).

• Deus demonstra conhecer aos que foram enviados por Ele à grande comissão. As genealogias não são anexos, apêndices ou notas de rodapé nos projetos de Deus; elas são relevantes para reavivar o valor de Seus servos (Êxodo 6:14-25).

O desânimo pode ter causas externas (Faraó) ou internas (incredulidade do povo – Êxodo 6:9). Contudo, “enfrentar oposição dentro da própria família de Deus muitas vezes é mais difícil que suportar a perseguição vinda de fora”, afirma MacDonald. Nestas horas, a comunhão com Deus é a cura certeira para o desânimo! Deus anima Seus líderes e os incentiva a avançar confiantemente nEle (Êxodo 6:1, 10, 29).

Quando tudo conspira para nos desanimar, busquemos urgentemente a Deus! Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz‌‌

Nenhum comentário:

O CORDEIRO PASCAL

  MEDITAÇÃO DIÁRIA 2 de Outubro          O CORDEIRO PASCAL    Então Jesus lhes disse: "Tenho desejado ansiosamente comer esta Páscoa c...