domingo, 2 de fevereiro de 2020

Recompensa - Jó 42

Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 
Leitura Bíblica – Jó 42
Comentário: Pr. Heber Toth Armí

Refletindo e estudando Jó, meu pai, Alier Armi de Oliveira, chegou à seguinte conclusão: “Precisamos de fé como Jó para que sejamos homens e mulheres de oração capaz de interceder por pecadores perante Deus”.


Meditando nos argumentos falhos e defeituosos de Jó e na repreensão de Deus, aprendemos que precisamos pensar e repensar baseando-se na revelação divina, não em nossa experiência ou suposta sabedoria.Após Jó ouvir a Deus e reagir com humildade, reconhecendo sua tremenda limitação, suas falhas e seus pecados, arrependendo-se profundamente de seus defeitos de caráter, Deus interagiu com ele (vs. 1-6). Conforme Francis I. Anderson o resultado foi:


 O veredito de Jeová (vs. 7-9);


A restauração de Jó (vs. 10-17).


Chama-me a atenção o contraste da introdução com a conclusão do livro. Deus que havia dito duas vezes que Jó era “homem íntegro e reto, temente a Deus e que se desviava do mal” (1:8; 2:3; ver também 1:1), agora está diante de Deus, humildemente, reconhecendo que falou coisas ilícitas: “Na verdade, falei do que não entendia; coisas maravilhosas demais para mim, coisas que eu não conhecia” (42:3). 


Além disso, Jó foi mais fundo e declarou para Deus: “Por isso, me abomino e me arrependo no pó e na cinza” (v. 6).


Jó não era perfeito. Suas crenças e suas declarações não eram perfeitas. Ele era tão pecador quanto eu e você. Somente a justificação pela fé mediante a graça de Deus é que nos faz justos no tribunal divino. A única forma de sermos justificados e restaurados por Deus agora (e/ou no juízo) está em apegar a Deus sem titubear, assim como fez Jó.


Se Jó e seus amigos falaram o que não deviam, por que Deus só repreendeu os amigos e não Jó? Simplesmente porque eles foram orgulhosos demais, não permitiram que nenhuma verdade mudasse suas opiniões expressas com convicção. Eles se apegaram à mentira mesmo com provas contrárias. Contudo, a graça estendida a Jó também foi estendida a eles. 


Como assim?


Deus os orientou a buscar em Jó um intercessor, então Deus aceitou-os mesmo que não disseram o que era reto (vs. 7-9), entretanto, isso aconteceu somente depois de oferecerem os holocaustos, símbolos da graça de Cristo. 


Humilhemo-nos, intercedamos e reavivemo-nos na Palavra! – Heber Toth Armí 


Você que participou conosco, o que você tem a dizer-nos do livro de Jó?


#rpsp #ebiblico #palavraeficaz

Nenhum comentário:

O Sorriso do Pai

MEDITAÇÃO DIÁRIA 27 de outubro O Sorriso do Pai Digo-vos que, assim, haverá maior júbilo no Céu por um pecador que se arrepende. Lucas 15:7 ...