Translate

sábado, 1 de dezembro de 2018

Das Provações à Perfeita Confiança

Refletindo a Cristo

Das Provações à Perfeita Confiança-1º de dezembro


Assentar-se-á como derretedor e purificador de prata; purificará os filhos de Levi e os refinará como ouro e como prata; eles trarão ao Senhor justas ofertas. Mal. 3:3.

O processo de refinação é duro de suportar para a natureza humana; entretanto, unicamente através dele é que a escória pode ser removida do caráter. Na fornalha da aflição somos purificados dos resíduos que nos impedem de refletir a imagem de Cristo. Deus mede cada provação; Ele observa o fogo da fornalha que deverá provar cada indivíduo.

Por meio das provações Deus conduz Seus filhos à perfeita confiança. “No mundo, passais por aflições” (João 16:33), diz Cristo; “mas em Mim tereis paz”. Através de muitas tribulações nos importa entrar no reino de Deus. …

Sem cruz não há coroa. Como poderemos ser fortes no Senhor sem passarmos provações? Para termos força física precisamos fazer exercício. Para termos uma fé vigorosa precisamos ser colocados em circunstâncias sob as quais nossa fé será provada. Toda tentação resistida, toda provação corajosamente suportada nos dá uma nova experiência e nos faz progredir na obra de edificação do caráter. Nosso Salvador foi tentado em todas as coisas, mas triunfou em Deus continuamente. Sob todas as circunstâncias, é nosso privilégio ser fortes no poder de Deus, e gloriar-nos na cruz de Cristo.

Por meio de aflições Deus nos revela as fontes de corrupção em nosso caráter, para que por meio da Sua graça possamos vencer nossas faltas. Questões desconhecidas relacionadas conosco são abertas diante de nós, e a prova virá, se aceitarmos a reprovação e o conselho de Deus. Quando submetidos à provação, não devemos afligir-nos e preocupamos. Não devemos rebelar-nos ou procurar resolver as coisas fora das mãos de Cristo. Devemos humilhar-nos diante de Deus.

Os caminhos do Senhor são obscuros para aquele que deseja ver as coisas numa luz que lhe seja agradável. Eles parecem obscuros e sombrios a nossa natureza humana. Mas os caminhos de Deus são caminhos de misericórdia cujo fim é a salvação.

Elias não sabia o que estava fazendo quando, no deserto, orou pedindo a morte. O Senhor, em Sua misericórdia, não o tomou pela palavra. Ainda havia uma grande obra para Elias fazer; e quando sua obra foi completada, ele não deveria perecer em desânimo e solidão no deserto. Não lhe estava reservado descer ao pó da terra, mas ascender em glória, com o comboio de carruagens celestiais, para o trono nas alturas. …

“Bem-aventurado é o homem a quem Deus disciplina. … Porque Ele faz a ferida e Ele mesmo a ata; Ele fere, e as Suas mãos curam.”… Jó 5:17 e 18. A toda pessoa aflita Jesus vem com o ministério da cura. A vida de privações, dor e sofrimento poderá ser iluminada por preciosas revelações de Sua presença. Signs of the Times, 5 de fevereiro de 1902.


Meditação Matinal de Ellen White – Refletindo a Cristo -Pág. 341

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis