Translate

domingo, 30 de setembro de 2018

Revelando a Cruz

Refletindo a Cristo

Revelando a Cruz - 30 de setembro

E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não desfalecermos. Gálatas 6:9.

Repetidas vezes tenho sido instruída a exortar nosso povo quanto a sua responsabilidade individual de trabalhar, crer, e orar. A recepção da verdade bíblica conduzirá a um contínuo espírito de sacrifício, pois o comodismo jamais pode ser encontrado numa experiência cristã. Homens e mulheres verdadeiramente convertidos revelarão a cruz do Calvário em seus atos diários. Há muitos adventistas do sétimo dia que não entendem que aceitar a causa de Cristo significa aceitar Sua cruz. A única evidência de discipulado que proveem em sua vida está no nome que ostentam. Mas o verdadeiro cristão considera sua mordomia como uma coisa sagrada. Ele estuda a Palavra com perseverança, e entrega sua vida ao serviço de Cristo.

Palavras de ânimo nos foram dadas: “Não nos cansemos de fazer o bem”(Gálatas 6:9), “sempre abundantes na obra do Senhor” (1Coríntios 15:58). Há um mundo a ser salvo, e uma obra que só será realizada através da proclamação da mensagem do evangelho. “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o Seu Filho unigênito, para que todo o que nEle crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” João 3:16. Não deveríamos agradecer ao Senhor de todo o coração por Seu dom indizível? Não deveríamos estar dispostos a dedicar toda a nossa capacidade e talento à obra de representar Cristo perante o mundo? …

As “boas obras” começarão a aparecer quando a experiência do arrependimento e conversão for aplicada à vida. … É… demonstrando que fomos transformados no caráter, por meio da crença na verdade, que tornamos conhecido a outros o poder transformador da graça de Deus. Review and Herald, 25 de fevereiro de 1909.

“Mas aquele que está sendo instruído na palavra faça participante de todas as coisas boas aquele que o instrui. Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará” (Gálatas 6:6 e 7). Maravilhosa verdade! Essa é uma espada de dois gumes que corta de ambos os lados. A questão de vida ou morte está diante de toda a humanidade. A escolha que fizermos nesta vida será nossa escolha por toda a eternidade. Ou receberemos vida eterna ou morte eterna. Não há meio-termo, nem um segundo tempo de graça.

Somos instados a vencer nesta vida como Cristo venceu. O Céu nos proveu de abundantes oportunidades e privilégios, para que possamos vencer como Cristo venceu, e assentar-nos com Ele em Seu trono. Mas para que sejamos vencedores é preciso que não acariciemos as inclinações carnais em nossa vida. Todo egoísmo precisa ser cortado pela raiz. …

Quanto mais o coração estiver revestido de Cristo, tanto mais seguro estará o tesouro do mundo eterno. Comentário Bíblico Adventista, vol. 6, pág. 1241.


Meditação Matinal de Ellen White – Refletindo a Cristo, 1986 – Pág. 279 –
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis