quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

*Maravilhoso Jesus- Isaías 42:1


O servo do Senhor

Eis o meu servo, a quem sustento, o meu escolhido, em quem tenho prazer. Porei nele o meu Espírito, e ele trará justiça às nações. Isaías 42:1 NVI

As profecias acerca do Messias, que começam com a promessa da “semente da mulher” (ver Gênesis 3:15) e percorrem o Antigo Testamento como um côro de esperança, alcançam o seu clímax no livro de Isaías. Vamos nos reportar com freqüência a estas passagens de Isaías ao estudarmos nas semanas seguintes a vida e a morte de Jesus. Especialmente vamos dedicar atenção a quatro brilhantes passagens que retratam o Messias como “o servo do Senhor” (Isaías 42:1-7; 49:1-9; 50:4-9; 52:13-53:12).

Nosso texto de hoje marca o início destas passagens. Apresenta uma tríplice descrição do Servo do Senhor.

Para começar, o Messias será um “servo”. Esta idéia parece estranha para a maioria de nós: não crescemos num lar de pessoas ricas com mordomos, guardas, motoristas de carro, empregadas domésticas e jardineiros. Ainda mais distante é o pensamento de “ser um escravo”, que é o significado mais próximo da palavra “servo” no original. Vivemos em dias de direitos igualitários e democracia; estamos preocupados em obter salários iguais; não queremos ser pisados por ninguém. Mas, as Escrituras dizem que o Messias será primariamente um servo! Não haverá banda e pompa para ele, não haverá acordos políticos ou luta por posição – Ele veio para servir. “Em Sua vida nenhuma consideração pessoal devia estar presente. A honra que o mundo atribui a posição, riqueza e talento, devia ser estranha ao Filho de Deus.

Nenhum dos meios que os homens empregam para granjear submissão ou requerer homenagem, devia o Messias usar” ( Profetas e Reis, p. 692-693).

Em segundo lugar, apesar de ser um servo, o Messias era aquele em quem Deus se alegrava. O Pai falou palavras de aprovação em Seu batismo e selou a sua missão divina com a Sua bênção. O humilde pregador e operador de curas de Nazaré, que os “grandes” desprezavam, era na verdade o Homem de Deus, um servo da vontade divina.

Em terceiro lugar, a missão do Messias não seria simplesmente para Israel. Seria para o mundo todo: “Ele trará justiça às nações.” NEle as esperanças e sonhos da humanidade encontram um lar; nEle toda a família humana encontra descanso.

Obrigado, Senhor, pelo Teu servo!

ORAÇÃO

Querido Deus, ensina-me a servir. Ensina-me a cuidar do semelhante com a mesma dedicação que eu gostaria de ser cuidado. Assim encontrarei o caminho para a paz e o sucesso verdadeiro. Em nome de Jesus peço e agradeço. Amém.
Autor: William G. Johnsson

Nenhum comentário:

Imagens da igreja

  Devocional Diário  Vislumbres da eternidade  17 de julho https://mais.cpb.com.br/meditacao/imagens-da-igreja/ Imagens da igreja Ele é como...