sábado, 22 de janeiro de 2022

O CAPITÃO DO EXÉRCITO DO SENHOR

 O CAPITÃO DO EXÉRCITO DO SENHOR

O Senhor lutará por vocês; fiquem calmos. Êxodo 14:14

Reflito na meditação de Cristo e na promessa: “Não deixarei que fiquem órfãos; voltarei para junto de vocês” (Jo 14:18). A atuação do Espírito Santo se alia ao esforço humano, e todo o Céu se engaja na obra de preparar o povo para resistir a estes dias finais. O fim está próximo, e queremos manter o mundo futuro em vista. Meu pedido de oração é que as igrejas acordem do torpor moral para uma obra fervorosa e interessada. Ó, se vissem e entendessem que, nesse último conflito, o Capitão do Exército do Senhor lidera as hostes celestiais, misturando-Se às fileiras e guerreando nossas batalhas por nós. Teremos apostasias. Elas devem ser esperadas. “Eles saíram do nosso meio, mas não eram dos nossos” (1Jo 2:19). “Toda planta que Meu Pai celeste não plantou será arrancada” (Mt 15:13).

O anjo, o poderoso anjo do Céu, iluminará “a terra […] com a sua glória”, enquanto brada poderosamente em alta voz: “Caiu! Caiu a grande Babilônia!” (Ap 18:1, 2). Ó, como desejo que 

Perderemos a fé e coragem no conflito se não formos sustentados pelo poder de Deus. Toda forma de mal se desenvolverá em intensa atividade. Anjos maus unem seus poderes aos ímpios. Uma vez que estão em conflito constante e adquiriram experiência nas melhores táticas de engano e batalha, fortalecendo-se ao longo dos séculos, não cederão diante do confronto final sem uma luta desesperada. O mundo inteiro estará de um dos lados da questão. A batalha do Armagedom será travada, e esse dia não poderá encontrar nenhum de nós dormindo. Precisamos estar bem despertos, como as virgens prudentes, com óleo na vasilha. O que é isso? Graça, graça! O poder do Espírito Santo necessita estar sobre nós, e o Capitão do Exército do Senhor permanecerá à frente dos anjos do Céu para liderar a luta (Carta 112, 1890).

PARA REFLETIR: Satanás e seu exército maligno farão tudo que estiver a seu alcance para combater os exércitos de Deus. Você está pronto para assumir seu posto na grande batalha por vir? O que pode fazer hoje para se preparar?

Meditação Diária

22/01/2022

https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-capitao-do-exercito-do-senhor/

A Aliança - Gênesis 9

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Gênesis 9

Comentário Pr Heber Toth Armí

GÊNESIS 9 – Deus anseia comprometer-Se conosco e espera que respondamos comprometendo-nos com Ele. Em Gênesis 6:18 acontece a primeira referência explícita de Deus fazendo aliança com humanos; porém, embora “seja a referência mais antiga a uma aliança na Bíblia, o uso desse termo hebraico específico implica que Deus já havia feito uma aliança com a humanidade. Nesse sentido, a aliança de Deus com Noé pode ser vista como uma renovação de Sua aliança com Adão, para a qual a Bíblia aponta implicitamente em Gênesis 3:15”, explicam Gerhard e Micahel Hasel.

A aliança que Deus fez após o Dilúvio não se limita a Noé, ela é incondicional e mundial. Deus evidenciou Seu sinal de aliança de compromisso conosco através de um arco-íris; sinal físico, visível, nas nuvens. Prometeu nunca mais destruir a terra com Dilúvio.

O arco-íris nos lembra que Deus castigou a maldade com Dilúvio, mas também garante que ainda que chova, não precisamos temer novo Dilúvio. Cada vez que presenciarmos um arco-íris, deveríamos lembrar que Deus abomina e julga os pecados, mas faz promessa e a cumpre apesar dos pecadores.

Embora Deus cumpra Sua promessa de nunca mais enviar um Dilúvio universal para destruir a Terra, Ele também alega que o mal será erradicado com fogo (2 Pedro 3:7, 10-11; Apocalipse 20:9).

Por isso, precisamos olhar para a história de Noé e sua família com atenção. Noé representa o remanescente fiel que será salvo. Sua prontidão em atender às orientações de Deus lhe garantiram a salvação quanto nossa prontidão de se comprometer com Jesus e tê-lO como Sumo Sacerdote (Hebreus 4:14-16; 8:1-2) e advogado (1 João 2:1-2) através da entrega pelo batismo (Marcos 16:16) garantirá nossa salvação.

Precisamos perseverar na fidelidade ao Deus da aliança quando o mundo todo estará aliado à besta e a sua imagem (Apocalipse 13:1-18; 14:6-12).

Em Gênesis 7:23 encontramos a teologia embrionária do remanescente: “Só restaram Noé e aqueles que com ele estavam na arca”. São estes que começaram na “terra nova” em Gênesis 9. Apenas um remanescente fiel entrará na “Nova Terra” oficial (Apocalipse 21:6-8; 22:3-4); os que vivem de maneira santa e piedosa viverão onde habita a justiça (2 Pedro 3:10-13).

Aprendamos a andar com Deus aqui na Terra para andarmos com Ele lá no Céu! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz‌‌

sexta-feira, 21 de janeiro de 2022

13 - O patriarca

 13 - Estudo Bíblico O patriarca

Assista a "O patriarca" no YouTube

https://youtu.be/p12r2iKI7sE

O AJUDADOR TODO-PODEROSO

 O AJUDADOR TODO-PODEROSO

Por isso mesmo, era necessário que, em todas as coisas, Ele Se tornasse semelhante aos irmãos, para ser misericordioso e fiel sumo sacerdote nas coisas referentes a Deus e para fazer propiciação pelos pecados do povo. Hebreus 2:17

Maravilhoso – quase maravilhoso demais para que o ser humano o compreenda – é o sacrifício do Salvador em nosso favor, simbolizado em todos os sacrifícios do passado, em todos os rituais do santuário típico. Esse sacrifício era exigido. Quando reconhecemos que Seu sofrimento era necessário para assegurar nosso bem-estar eterno, nosso coração fica tocado e enternecido. Ele Se deu em penhor para efetuar nossa salvação plena, de modo satisfatório às reivindicações da justiça de Deus e coerente com a exaltada santidade de Sua lei.

Ninguém menos santo do que o Unigênito do Pai poderia ter oferecido um sacrifício que fosse eficaz para purificar a todos os que aceitam o Salvador como sua expiação e se tornam obedientes à lei do Céu – mesmo os mais pecadores e degradados. Nada menos poderia ter restaurado o ser humano ao favor de Deus.

Que direito tinha Cristo de arrebatar das mãos do inimigo os cativos? O direito de ter feito um sacrifício que satisfaz aos princípios da justiça pelos quais é governado o reino dos Céus. Ele veio à Terra como Redentor da raça perdida, para vencer o inimigo astuto e, por Sua firme fidelidade ao que é reto, salvar todos os que O aceitem como seu Salvador. Na cruz do Calvário, Ele pagou o preço da redenção da humanidade. Assim, adquiriu o direito de arrebatar os cativos das garras do grande enganador que, por uma mentira formulada contra o governo de Deus, causou a queda da raça humana, perdendo todo o direito de ser chamado súdito leal do glorioso e eterno reino de Deus.

Nosso resgate foi pago por nosso Salvador. Ninguém precisa ser escravizado por Satanás. Cristo está presente, como nosso Ajudador Todo-poderoso. “Era necessário que, em todas as coisas, Ele Se tornasse semelhante aos irmãos, para ser misericordioso e fiel sumo sacerdote nas coisas referentes a Deus e para fazer propiciação pelos pecados do povo. Pois, naquilo que Ele mesmo sofreu, quando foi tentado, é poderoso para socorrer os que são tentados” (Hb 2:17, 18) (Mensagens Escolhidas, v. 1, p. 309, 310).

PARA REFLETIR: Qual foi a última vez que Jesus livrou você do inimigo?

Meditação Diária - 21/01/2022

https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-ajudador-todo-poderoso/


Terminado o Dilúvio - Gênesis 8

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Gênesis 8

Comentário Pr Heber Toth Armí

GÊNESIS 8 – Noé prezou por sua família. Sua família se salvou na arca cheia de animais com seus aromas e ruídos. Apesar das inúmeras dificuldades, limitações, e atividades incessantes na arca, ainda era melhor estar dentro dela do que fora dela. Assim é também a igreja. Precisamos dela com todos os seus inúmeros defeitos e problemas.

Precisamos prezar pela família. Em Gênesis 6, a maré da maldade se multiplicou pelos casamentos mistos, filhos de Deus casando-se com filhas dos homens. Visando o cumprimento de Gênesis 3:15 Deus preserva a família de Noé. Essa mensagem deveria ficar clara aos israelitas que amassavam barro para fazer tijolos no Império Egípcio. O povo escravo era herdeiro da promessa, para esse ponto apontava cada página de Gênesis.

Assim, nas entrelinhas, notamos um grande conflito entre o bem e o mal, entre Deus e Satanás. Ambos trabalham com a família. Satanás intenta perverter a família, enquanto Deus faz de tudo para preservá-la, sabendo que sem família, o caos toma conta! Precisamos cooperar com Deus! Inclusive as famílias de animais foram prezadas por Deus, até com os animais se percebe o quanto a família é de suma importância. 

Terminado o Dilúvio, e abaixado as águas, Noé e sua família saem da Arca em terra seca com as famílias de animais. Imagino Noé comparando a terra com o que ela era antes do dilúvio. “Mal se consegue investigar como eram a terra, o mar, a atmosfera, a cultura, etc. antes do dilúvio” afirma Alexander vom Stein.

Ficou tudo diferente, menos o amor de Deus pela humanidade.  Em Gênesis 8:1, “Deus lembrou-se de Noé...” não indica que havia esquecido, revela que Ele estava atento. Após Noé perceber evidências de terra seca, esperou em Deus; “então Deus disse a Noé: ‘Saia da arca, você e sua mulher, seus filhos e as mulheres deles...”. Depois de sair, “Noé construiu um altar dedicado ao Senhor... o Senhor sentiu o aroma” e fez uma promessa nunca mais destruir a terra com água.

É lindo o relacionamento que Deus deseja ter com os humanos. Deus almeja que nossa família dependa dEle em cada detalhe, assim como a família de Noé dependia.

Coloque tua família nas mãos de Deus, é a melhor coisa a fazer! Busquemos reavivamento familiar! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz‌‌

quinta-feira, 20 de janeiro de 2022

A porta está aberta

 Estudo Bíblico 3: A porta está aberta

Assista a "A porta está aberta" no YouTube

https://youtu.be/fv-fXOvyVdE



A VOZ DIVINA

 Meditação Diária

https://mais.cpb.com.br/meditacao/a-voz-divina/

A VOZ DIVINA

Veio para o que era Seu, e os Seus não O receberam. João 1:11

Jesus veio pela autoridade de Deus, trazendo Sua imagem, cumprindo Sua Palavra e buscando Sua glória. No entanto, não foi aceito pelos líderes de Israel; mas quando outros viessem, assumindo o caráter de Cristo, embora movidos pela própria vontade e buscando a própria glória, seriam recebidos. E por quê? Porque quem busca a própria glória apela ao desejo de exaltação própria nos outros. Os judeus corresponderiam a esses estímulos. Receberiam o falso mestre porque este bajularia o orgulho deles ao aprovar suas opiniões e tradições. Os ensinos de Cristo, porém, não tinham afinidade com as ideias deles. Eram espirituais e exigiam o sacrifício do eu; portanto, não O receberam. Não conheciam realmente a Deus, e Sua voz, por intermédio de Cristo, era como a voz de um estranho para eles.

Não acontece a mesma coisa em nossos dias? Não há muitos, mesmo líderes religiosos, que estão endurecendo o coração contra o Espírito Santo, tornando impossível a si mesmos reconhecerem a voz de Deus? Não estão rejeitando a Palavra do Senhor para conservar as próprias tradições?

“Se vocês, de fato, cressem em Moisés”, disse Jesus, “também creriam em Mim; pois ele escreveu a Meu respeito. Se, porém, não creem nos escritos dele, como crerão nas Minhas palavras?” (Jo 5:46, 47). Havia sido Cristo que falara a Israel por intermédio de Moisés. Se tivessem ouvido a Voz divina que tinha falado por intermédio de seu grande guia, a teriam reconhecido nos ensinos de Jesus. Se houvessem acreditado em Moisés, teriam acreditado Naquele sobre quem ele escrevera.

Cristo sabia que os sacerdotes e rabinos estavam decididos a tirar Sua vida; no entanto, expôs a eles claramente Sua unidade com o Pai e Sua relação para com o mundo. Viram que a oposição contra Ele não tinha desculpa; contudo, seu ódio assassino não se extinguiu. O medo se apoderou deles ao verem o convincente poder que acompanhava o ministério de Cristo, mas resistiram a Seus apelos, fechando-se em trevas.

Fracassaram nitidamente em derrubar a autoridade de Jesus ou afastar Dele o respeito e a atenção do povo, do qual muitos ficaram convencidos por Suas palavras (O Desejado de Todas as Nações, p. 161, 162 [212, 213]).

PARA REFLETIR: Como você pode ouvir Jesus com clareza e seguir Sua orientação quando Ele lhe fala?

O CAPITÃO DO EXÉRCITO DO SENHOR

 O CAPITÃO DO EXÉRCITO DO SENHOR O Senhor lutará por vocês; fiquem calmos. Êxodo 14:14 Reflito na meditação de Cristo e na promessa: “Não de...