sábado, 1 de junho de 2024

Oséias 8 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse


Leitura Bíblica – Oséias 8
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


OSEIAS 8 – O profeta foca um povo que desviou-se de Deus, incorporando práticas e crenças de nações vizinhas que serviam a deuses diferentes do Deus de Israel. Este sincretismo corrompeu a pureza da fé israelita, levando o povo à idolatria descarada e/ou camuflada, resultando na infidelidade no compromisso com Deus.

Três tópicos sobressaem em Oseias 8:

1. Anúncio do julgamento (Oseias 8:1-3): Israel, ao transgredir a aliança e rebelar-se contra a Lei de Deus, enfrentaria o julgamento divino iminente. Este julgamento é descrito como uma águia, rápida e implacável.

• Devemos estar atentos aos alertas de Deus em nossos dias. O pecado e a desobediência trazem consequências sérias. Toda vez que quisermos copiar a adoração de povos que negligenciam a Lei de Deus, devemos nos lembrar de que Deus vai julgar e condenar quem assim procede (Mateus 7:21-23).
• A trombeta de Deus nos chama fortemente ao arrependimento e à correção de nossos caminhos antes que encerre o tempo de oportunidade, a porta da graça.

2. Condenação da idolatria e sincretismo (Oseias 8:4-10): Estabelecer líderes sem a direção de Deus e criar ídolos mesmo de materiais preciosos, atraem a condenação divina. Ao adotar práticas de liderança e adoração de nações alheias à revelação de Deus corrompem o culto ao verdadeiro Deus.

• Precisamos discernir exclusivamente pela Palavra de Deus o que é certo e fugir de influências de práticas e crenças que destoam da revelação divina. O sincretismo religioso contamina a adoração, por isso Deus a abomina.
• Nossa adoração e liderança devem estar sempre alinhadas com a vontade do Ser adorado; sem as tendências humanísticas, com foco hedonistas, que tornam a adoração antropocêntrica.

3. Revelação das consequências do sincretismo (Oseias 8:11-14): A multiplicação de altares erigidos por Israel não era evidência de consagração, mas de corrupção religiosa. As leis e mandamentos de Deus tornaram-se estranhos aos supostos adoradores – como acontece atualmente. Nisso consiste o sincretismo religioso.

• Onde a verdadeira adoração é misturada com práticas mundanas, resulta numa religião espúria e corrupta. Quando nos afastamos da pureza da Palavra Divina, adoraremos de forma superficial e espúria.
• Para prezar pela pureza no culto devemos rejeitar qualquer forma de sincretismo, antes que soframos as consequências de nossas negligências.

Deus deseja uma adoração pura e fiel (Apocalipse 14:6-12).

Reavivemos nossa adoração! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
••••

Nenhum comentário:

Ovos contra pedras

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 18 de junho Ovos contra pedras Mesmo que o nosso ser exterior se desgaste, o nosso ser interio...