sábado, 4 de maio de 2024

O canto do grilo

 Devocional Diário

O canto do grilo

Quando estas coisas começarem a acontecer, levantem-se e fiquem de cabeça erguida, porque a redenção de vocês se aproxima. Lucas 21:28


O capitão Alvar Nuñez havia embarcado com seus navios rumo ao Rio da Prata. Em 1540, para se atravessar o oceano Atlântico, era necessário fazer várias escalas ao longo do trajeto. A esquadra saiu de Cádiz (Espanha), parou em Las Palmas e, dali, rumaram para as ilhas de Cabo Verde. Era o quarto dia de navegação, e todos estavam dormindo. De repente, um grilo começou a cantar. Os marinheiros acordaram e viram que o barco se aproximava perigosamente de umas rochas. O inseto tinha ficado calado durante todo o caminho, mas, ao se aproximar de terra firme, seu canto alertou a tripulação, que assim se livrou de um choque contra os recifes.

Essa experiência se assemelha muito à nossa situação atual. Faz tempo que estamos viajando rumo ao Rio da Vida e, pouco a pouco, vamos caindo no sono. A rotina diária (parece que nada muda), o horizonte distante (parece que nunca chega), o tédio de ver os mesmos passageiros dia após dia (parecem sempre os mesmos) nos envolvem em uma atmosfera maçante. Então, lemos o evangelho, e um grilo estridente começa a soar em nossa consciência. Damo-nos conta dos sinais sobre os quais Jesus falou e nos conscientizamos de que estamos a ponto de nos chocar com as rochas e de que devemos nos levantar e mudar o rumo de nossa vida. Devemos compreender qual é o momento em que vivemos e quais são nossas responsabilidades. Naufragar não é uma delas.

Jesus nos alertou quanto aos sinais não para que vivêssemos com medo ou com uma ansiedade exagerada. Ele nos disse como as coisas iriam suceder para que nos recordássemos de que Ele continua sendo o Senhor da história e tem o controle do tempo. Isso quer dizer que, se deixarmos que Ele assuma o leme de nossa vida, não haverá recife que nos possa afundar. Além disso, com os sinais, Ele nos faz lembrar a promessa de que o momento de Sua vinda é iminente. Já não há muito tempo, e essa deve ser nossa bendita esperança. Devemos nos lembrar de que Deus nos ajudou no passado, nos ajuda no presente e nos ajudará no futuro.

Como navegantes nas águas desta vida insana, já podemos ver no horizonte os sinais de nossa eterna redenção. Você está preparado?

Vislumbres da eternidade
4 de maio
https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-canto-do-grilo-2/

Nenhum comentário:

Amigos para toda a vida

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 25 de maio https://mais.cpb.com.br/meditacao/amigos-para-toda-a-vida/ Amigos para toda a vida ...