segunda-feira, 20 de maio de 2024

Daniel 8 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Daniel 8
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


DANIEL 8 – Deus está no controle da história mundial e tem um plano especial para Seu povo; este plano está associado ao Santuário Celestial e ao juízo investigativo iniciado em 1844, conforme indica a profecia dos versículos 13 e 14 em seu contexto literário, histórico e profético:

“Então ouvi dois anjos conversando, e um deles perguntou ao outro: ‘Quanto tempo durarão os acontecimentos anunciados por esta visão? Até quando será suprimido o sacrifício diário e a rebelião devastadora prevalecerá? Até quando o santuário e seu exército ficarão entregues ao poder do chifre pequeno e serão pisoteados?’ Ele me disse: ‘Isso tudo levará duas mil e trezentas tardes e manhãs; então, o santuário será reconsagrado’”.

A Bíblia do Discípulo destaca que “a visão descreve um carneiro e suas atividades [Medo-Persa] (v. 3-4), um bode e suas atividades [Grécia] (v. 5-8), e um pequeno chifre, sua origem, expansão e extraordinária atividade [Roma Papal opressora] (v. 9-12). A audição também faz parte da revelação sobrenatural dada a Daniel. Apresenta o diálogo de pergunta e resposta dos seres celestiais, enquadrado na linha do tempo dos eventos que se estendem além das 2.300 tardes e manhãs”.

Este período de 2.300 dias/anos estende-se desde a época do Império Medo-Persa até iniciar o juízo investigativo. “Começa com o decreto do rei Artarxerxes, da Pérsia, para reconstruir e restaurar Jerusalém (Esdras 7:6-8)” (Bíblia do Discípulo). Vai de 457 a.C., culminando em 1844 d.C., pois, profeticamente “um dia” equivale a “um ano” (Números 14:34);

As perguntas dos anjos enfocam o Santuário. Considerando que o véu do Santuário Terrestre rasgou-se sobrenaturalmente ao Jesus morrer na cruz (Mateus 27:51), encerrou o objetivo pelo qual fora erigido; agora, focamos “no verdadeiro tabernáculo que o Senhor erigiu” (Hebreus 8:2). Assim, com o estudo e restauração da doutrina bíblica do Santuário Celestial, as verdades outrora deitadas por terra com êxito pelo cristianismo/catolicismo medieval (Daniel 7:25; 8:1-27) passaram a ser redescobertas.

• O estudo correto das profecias bíblicas abre nossos olhos em meio ao conflito cósmico em que estamos envolvidos.

Pautando-se nas visões proféticas de Daniel 2 e 7, o capítulo 8 amplia a perspectiva sobre o futuro dos reinos terrestres e os eventos que afetam ao povo de Deus. Felizmente, estamos vivendo o tempo do fim (Daniel 8:17). Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
••••

Nenhum comentário:

Ovos contra pedras

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 18 de junho Ovos contra pedras Mesmo que o nosso ser exterior se desgaste, o nosso ser interio...