sexta-feira, 1 de março de 2024

Um relacionamento vivo

 Um relacionamento vivo

Senhor, por causa destas coisas vivem os homens, e inteiramente delas depende o meu espírito. Portanto, restaura a minha saúde e faze-me viver. Isaías 38:16

A palavra “religião” vem do latim religare, que significa “voltar a atar” ou “atar intensamente”. O termo faz referência ao desejo de Deus de voltar a Se relacionar de maneira muito viva com o ser humano. Por causa do pecado (Gn 3), o homem e a mulher haviam se afastado de Deus. Mas, graças a Jesus, esse vínculo foi restabelecido. É por isso que o mais importante da religião cristã é a relação com Cristo.

Entretanto, muitas pessoas neste mundo consideram a religião como uma “relíquia”, uma palavra que faz referência aos restos de alguém ou de um objeto. No entanto, religião não tem nada a ver com “restos”, mas com “plenos”. Tem a ver com uma relação plena com Deus.

É pelo compromisso que essa relação mostra que está viva. Como indica Ellen G. White: “Todo aquele que se liga à igreja faz por esse ato um voto solene de trabalhar pelos interesses da igreja e de manter esse interesse acima de toda consideração mundana. Sua obra é conservar viva comunhão com Deus, empenhar-se de coração no grande plano da redenção e mostrar, em sua vida e caráter, a excelência dos mandamentos de Deus em contraste com os costumes e preceitos do mundo. Quem se entregou a Cristo comprometeu-se a ser tudo quanto lhe seja possível como um obreiro espiritual, a ser ativo, zeloso e eficiente no serviço de seu Mestre. Cristo espera que cada pessoa cumpra seu dever; seja esse o lema em todas as fileiras de Seus seguidores” (Conselhos Sobre Mordomia, p. 32 [43]).

Com que nos encontramos atados? A que ou quem nos amarramos? Seria a nossa religião apenas a devoção por uma relíquia moderna (normas, formas, autoridades, prazer)? Em termos de religião, como está nosso nível de compromisso? Tomara que você esteja “amarrado” a Deus! Tomara que você esteja ligado a Jesus! Tomara que sua religião seja um relacionamento vivo! Tomara que você tenha um forte compromisso com o Senhor! Se não for assim, este é um bom momento para começar. 

Devocional Diário

Vislumbres da eternidade
 de março
https://mais.cpb.com.br/meditacao/um-relacionamento-vivo
•••

Nenhum comentário:

Dor de coração

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 24 de julho https://mais.cpb.com.br/meditacao/dor-de-coracao/ Dor de coração O cetro não se ar...