quarta-feira, 27 de março de 2024

Os demais assassinos

 Devocional Diário 

Os demais assassinos

Não matarás. Êxodo 20:13, ARA


Caim não havia aprendido a se relacionar com Deus. Sua indisciplina o levava a fazer coisas que não eram apropriadas. Era uma pessoa muito violenta e, por desenvolver essa tendência, acabou matando o irmão. O resto de sua existência ficou marcado por esse ato e pelo intenso medo de enfrentar o mesmo destino que seu irmão tinha sofrido. Caim foi o primeiro assassino, e isso a gente não esquece. Ocorre que a violência só gera violência.

Vivemos em um mundo em que, continuamente, faz-se referência à violência. São os desenhos animados exibidos por diferentes redes de televisão, as séries seguidas por multidões, os videogames, alguns esportes, etc. Tanto é assim que muita gente chega a pensar que as diferentes situações da vida podem ser solucionadas com a violência. Não há nada mais distante da realidade.

Além disso, vivemos na época dos assassinos, aqueles que não são perseguidos pela lei ou que estão na prisão. Vivemos em uma época de maus-tratos a entes queridos. Usam-se com normalidade palavras depreciativas e ácidas, o olhar destila ódio. Mata-se pouco a pouco e sem consciência disso. Na competição do ambiente de trabalho, vale tudo: a difamação (que mata a imagem de uma pessoa), a parcialidade (que mata a igualdade de oportunidades) e a opressão (que realmente afeta a saúde mental e física). Na família, os papéis foram alterados, e o respeito é a exceção.

O Ser com maior capacidade de ação do Universo, Deus, não resolve problemas pela força. Mais que isso, Ele respeita tanto as pessoas que lhes dá liberdade pessoal, ainda que se equivoquem. O Senhor nos revitaliza com Suas bênçãos (palavras afáveis), com Sua equanimidade (todos somos iguais perante Ele) e com Sua generosidade (nos permite crescer como pessoas).

Qual é o melhor método para solucionar um problema? Não é a violência, pois ela não resolve nada. É como disse Isaac Asimov: “A violência é o último recurso do incompetente.” Lembre-se das palavras de 1 João 4:18: “No amor não existe medo; pelo contrário, o perfeito amor lança fora o medo. Porque o medo envolve castigo, e quem teme não é aperfeiçoado no amor.” É muito fácil cumprir essa proposta. Olhe para os que o rodeiam e ame-os. 

Vislumbres da eternidade
26 de março
https://mais.cpb.com.br/meditacao/os-demais-assassinos/
•••

Nenhum comentário:

Beleza interior

  Devocional Diário Beleza interior Quão grande é a Sua bondade! E quão grande é a Sua formosura! Zacarias 9:17 A estética é muito important...