quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024

Resistir

 DEVOCIONAL DIÁRIO - VISLUMBRES DA ETERNIDADE

Quinta-feira, 29 de fevereiro

     Resistir

   Permaneçam em Mim, e Eu permanecerei em vocês. Como o ramo não pode produzir fruto de si mesmo se não permanecer na videira, assim vocês não podem dar fruto se não permanecerem em Mim. João 15:4


   Ela mal tinha entrado na adolescência quando foi trancada na torre de Constance, na pequena vila francesa de Aigues-Mortes. Marie Durand era uma jovem crente a quem aprisionaram para que ela dedurasse o irmão dela, um pastor huguenote. Ela permaneceu ali por 38 anos. Diz a tradição que, na borda de um poço daquele lugar, ela escreveu uma palavra que mostra o segredo de sua força interior: “Resistir!”

   Marie é um exemplo de resiliência, como também o são Fati Hassane, presidente de um banco de sementes do Níger; Malala Yousafzai, do Paquistão, que defende o direito que as meninas têm de estudar; ou Teresa Perales, que, apesar de ser paraplégica, tem 26 medalhas paraolímpicas. O que leva essas mulheres a serem tão diferentes? Normalmente, as pessoas resilientes realizam tarefas criativas. O esforço na busca de outras alternativas fortalece sua capacidade de enfrentar problemas. Talvez seja essa a razão para elas estarem sempre fazendo coisas novas. Elas costumam ser realistas, reconhecendo a situação em que estão. Não ficam atadas a sonhos improváveis e buscam maneiras de se adaptar sem perder sua identidade. Além disso, gostam de estar rodeadas de pessoas positivas porque, juntas, podem desenvolver novos projetos. É possível que seja essa a causa que as leve a ser pessoas de bom humor, gerando alegria em qualquer situação. Também são seres reflexivos e flexíveis. Adaptam-se aos outros para melhorar as coisas, mas o fazem meditando bem sobre o que é realmente importante. Por último, são pessoas de fé.

   Edith Stein, vítima do holocausto, escreveu: “Quanto mais escuridão se faz ao nosso redor, mais devemos abrir o coração à luz que vem do alto.” A fé em Jesus nos permite ter a verdadeira visão da existência. Graças à Sua resiliência, podemos ser resilientes. Graças à Sua morte, sabemos que teremos vida. Mas, para isso, temos que permanecer Nele. Conectados pela fé, veremos como a fortaleza, a identidade e a integridade virão naturalmente. Com Seu sangue, Ele grava em nosso coração: “Resistam!”

Nenhum comentário:

Palavras caducas e palavras perenes

  Devocional Diária Palavras caducas e palavras perenes “Os lábios que falam a verdade permanecem para sempre, mas a língua mentirosa desapa...