quinta-feira, 25 de janeiro de 2024

Mais que dinheiro

 Mais que dinheiro

Amem uns aos outros com amor fraternal. Quanto à honra, deem sempre preferência aos outros. Romanos 12:10

Gostaria de compartilhar com você alguns pensamentos de Teresa de Calcutá: “Com dinheiro, você pode comprar um piso, mas não um lar. Com dinheiro, você pode comprar uma cama, mas não o sono. Com dinheiro, você pode comprar um relógio, mas não o tempo. Com dinheiro, você pode comprar livros, mas não conhecimento. Com dinheiro, você pode comprar alimentos, mas não o apetite. Com dinheiro, você pode comprar posição, mas não o respeito. Com dinheiro, você pode comprar medicamentos, mas não a saúde. Com dinheiro, você pode comprar sexo, mas não o amor. Com dinheiro, você pode comprar seguros, mas não a tranquilidade. No entanto, dando amor, você pode presentear e receber tudo que, com o dinheiro, você não pode comprar.”

São palavras que nos levam a entender o mundo de forma diferente, pois existem mais pessoas preocupadas com a decoração da casa do que com aquilo que une sua família. Há muitas pessoas escravizadas pelo relógio em vez de desfrutarem do tempo; há muitas letras e pouca espiritualidade; muita comida para poucos e pouca comida para muitos; muita gente em boa forma e pouca autoestima; muita pele e pouco coração. Entendo que andamos com escassez de amor fraternal.

Com relação a esse assunto, João diz: “Nós sabemos que já passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos. Quem não ama permanece na morte. Todo aquele que odeia o seu irmão é assassino, e vocês sabem que todo assassino não tem a vida eterna permanente em si. Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a Sua vida por nós; portanto, também nós devemos dar a nossa vida pelos irmãos” (1Jo 3:14-16). Essa não é uma questão sem importância. Antes, é um assunto de grande relevância que nos apresenta um diagnóstico de nossa vida espiritual.

Amar-nos como irmãos é amar-nos sem segundas intenções. Amar-nos como irmãos é voltar à intensidade da infância, quando um atrito era compensado com uma carícia, um confronto breve com um abraço interminável e uma lágrima com muitos sorrisos. Amar-nos como irmãos é a resposta para a maioria das necessidades relacionais. É mais importante do que o dinheiro. Muito mais!

 

Devocional Diário

Vislumbres da eternidade
24 de janeiro
https://mais.cpb.com.br/meditacao/mais-que-dinheiro/


•••

Nenhum comentário:

No caminho

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 12 de julho https://mais.cpb.com.br/meditacao/no-caminho/ No caminho Ensine a criança no camin...