quinta-feira, 21 de dezembro de 2023

VENCENDO A TENTAÇÃO

 MEDITAÇÃO

21 de dezembro

VENCENDO A TENTAÇÃO

Toda boa dádiva e todo dom perfeito vêm lá do alto, descendo do Pai das luzes [...]. Pois, segundo o Seu querer, Ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como que primícias das Suas criaturas. Tiago 1:17, 18

Um dos ardis do diabo é nos convencer de que Deus não Se importa conosco, não nos ama, não cuida de nós, não quer nosso bem. Ele insinuou isso a Eva no Éden e a Jesus no deserto. Em contrapartida, a bondade de Deus é uma grande proteção para não cedermos à tentação. Tiago apresenta algumas informações sobre Deus que assinalam Sua bondade.

Primeiramente, como Deus é Pai, Ele dá boas dádivas. Mais do que isso, o modo de Ele dar Suas dádivas também é bom. A expressão “todo dom perfeito” pode ser traduzida como “todo ato de dar”. Deus sempre concede Suas bênçãos com amor. Assim, tanto aquilo que Deus oferece quanto a maneira como o faz são bons. Além disso, Suas dádivas são concedidas constantemente. O gerúndio “descendo” significa “descendo continuamente”. Suas dádivas não são ocasionais, mas constantes. Elas continuarão a vir sobre nós porque Ele não muda. De fato, Ele não pode mudar para pior porque é santo, nem para melhor porque é perfeito.

Se Davi houvesse se lembrado da bondade de Deus, não teria cometido o pecado com Bate-Seba. Isso foi o que Natã lhe disse quando Deus o enviou para repreender o rei (2Sm 12:7-9). Também pode ser dito que a lembrança da bondade de Deus refreou José quando este foi tentado (Gn 39:8, 9). Quando perceber que está sendo tentado, lembre-se da bondade de Deus em sua vida.

Outro recurso para não cairmos em tentação é ter a convicção de que somos filhos de Deus. Ele nos gerou (1Jo 3:9). Fomos, de fato, gerados por intermédio da Palavra de Deus (1Pe 1:23) para sermos primícias de Suas criaturas, ou seja, o melhor de todas as criaturas de Deus. Partilhamos da natureza divina. Somente nós, seres humanos, temos o privilégio de Deus ter Se tornado um de nós.

Portanto, sabendo que Deus é um Pai bondoso que nos tem concedido incontáveis bênçãos, suportemos com perseverança as provas e tentações, com a confiança de que, ao final, receberemos a coroa da vida (Tg 1:12). 

Nenhum comentário:

Lecitina espiritual

DEVOCIONAL DIÁRIO - VISLUMBRES DA ETERNIDADE  27 de fevereiro Lecitina espiritual    Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Por isso,...