sábado, 2 de dezembro de 2023

Isaías 9 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Isaías 9
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


ISAÍAS 9 – Na análise do capítulo 10 focaremos o poema que inicia em Isaías 9:8, o qual trata do alerta da gigantesca calamidade enviada por Deus, que foi desprezada pelo Seu povo. Como o poema contêm quatro estrofes interligadas culminando no capítulo seguinte, focaremos apenas os 7 primeiros versículos de Isaías 9.

Isaías 9:1-7 contêm uma estrutura progressiva, a qual constrói uma narrativa ou argumentação de forma gradativa. Observa-se uma progressão temática ou emocional no texto que leva a um clímax ou conclusão espetacular. Considere:

• Descrição inicial de densa escuridão para os aflitos e promessa de luz e restauração – versos 1-2.
• Descrição da transformação da aflição em alegria devido à libertação do jugo da opressão – versos 3-4.
• Descrição da profecia das qualidades e características extraordinárias do Messias que viria – versos 5-6.
• Descrição de paz infinita sob um reino perfeito e eterno fundamentado na justiça divina – verso 7.

Toda esperança de transformação e redenção está baseada na pessoa e obra do Messias. O livramento prometido aconteceria unicamente por intermédio do Messias, que assumiria a monarquia davídica. A premissa “porque um menino nos nasceu, um filho nos foi dado” conecta a previsão messiânica à predição do nascimento do Emanuel (Isaías 7:14); indicando assim que o Emanuel/Maher-Shalal-Hash-Baz profetizava a vinda do Salvador divino. De forma emblemática, o filho do profeta Isaías apontava para a presença divina; porém, Jesus seria o verdadeiro “Deus conosco” (Isaías 8:10; Mateus 1:23), que traria grande luz a um mundo em densas trevas (Isaías 8:22-9:2; Mateus 4:13-17; João 1:1-5).

“O Filho de Deus é o resplendor da glória de Deus e a expressão exata de Seu ser”, diz Paulo em Hebreus 1:3. Quatro títulos reais do Messias revelados pelo profeta Isaías apresentam o Libertador como um guerreiro poderoso, com  capacidade suficiente para estabelecer a paz num mundo em conflito.

Os quatro títulos são mencionados em dupla (Isaías 9:6). Note...

• Maravilhoso Conselheiro: Retrata Jesus como o estrategista militar extraordinário.
• Deus Forte: Revela energia para guerrear de forma sobre-humana contra inimigos poderosos.
• Pai da Eternidade: Indica um Guerreiro bondoso para com Seu povo.
• Príncipe da Paz: Aponta para o reino de justiça e prosperidade do Messias.

Jesus é o arquiteto das vitórias universais garantindo segurança a Seu povo que submete às Suas sábias orientações! Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
••••

Nenhum comentário:

Gambito

  Gambito Meus amados irmãos, sejam firmes, inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o trabalho de vocês n...