terça-feira, 5 de dezembro de 2023

Isaías 12 Comentário

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Isaías 12
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


ISAÍAS 12 – Há riqueza de conteúdo nesse tão pequeno capítulo.

“A promessa de resgate de Israel e seu retorno do exílio tornou-se ocasião para a composição deste salmo de ações de graças por uma salvação já operada. A sombra da ira divina se retirara e de novo brilhava o sol da misericórdia. O salmista atribui a Deus a salvação, que deve ser interpretada primeiro em termos históricos e depois em termos espirituais. A libertação do jugo assírio-babilônico era um fato concreto, mas torna-se também um símbolo da salvação do jugo do pecado. Possuído de plena confiança em Deus, o salmista rejeita todo o temor. Deus é a razão de ser de sua força e de sua alegria. Em seu júbilo transbordante, ele convida os demais a valer-se desta salvação que Deus oferece tão gratuitamente como a fonte oferece o líquido precioso. Nota-se que o salmista fala não de poço mas de fontes de salvação. Poços precisam ser cavados com penoso esforço. A fonte jorra livremente como um dom de Deus”, comenta Siegfried Schwantes.

Este comentarista adventista ainda refere-se a Isaías 12 quando escreve que nos versículos 4 a 6 “o coração do salmista transborda de ações de graças em vista dos feitos maravilhosos do Senhor em favor de Seu povo. Ele convida a todos a cantarem louvores ao Senhor por Sua intervenção miraculosa e a proclamar este fato em toda a Terra. O testemunho daqueles que experimentarem a salvação deve ressoar em todo mundo, para que outros também se beneficiem da redenção que o Senhor oferece a todos. Ninguém melhor que o ‘habitante de Sião’, o membro da comunidade da fé, que experimentou em sua vida o poder transformador da graça divina, tem razão para exultar e jubilar. A presença do ‘Santo de Israel’ no meio do seu povo deve alijar toda ansiedade quanto ao futuro. Se Deus é por nós nada temos a temer”.

Nessa mesma temática, Ellen White é enfática: “Nada temos a temer quanto ao futuro, a menos que esqueçamos a maneira em que o Senhor tem nos guiado”.

Diante destas reflexões, podemos afirmar que o mesmo Deus que atuou em benefício de Israel antigamente, atua em nosso favor atualmente. Portanto, devemos confiar e depender dEle... então nos alegraremos e reavivaremos! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
••••

Nenhum comentário:

Hotel Abraão

  Devocional Diário Hotel Abraão Abraão plantou uma tamargueira em Berseba e invocou ali o nome do Senhor, o Deus Eterno. Gênesis 21:33 Um c...