terça-feira, 19 de dezembro de 2023

FALSA FÉ

 MEDITAÇÃO DIÁRIA 

18 de dezembro

FALSA FÉ

Pois certos indivíduos se introduziram com dissimulação [...], homens ímpios, que transformam em libertinagem a graça de nosso Deus e negam o nosso único Soberano e Senhor, Jesus Cristo. Judas 4, ARA

Algumas vezes me deparei com carros, caminhonetes e caminhões nos quais constava a inscrição “Presente de Deus”. Nessas ocasiões, eu pensava que todos os donos daqueles veículos fossem pessoas agradecidas ao bondoso Pai celestial. Certo dia, porém, fiquei sabendo que um dos maiores traficantes do Brasil costumava presentear seus melhores parceiros com algum veículo em que constava a inscrição “Presente de Deus”. Ou seja, nem sempre essa inscrição em um automóvel será uma verdadeira demonstração de gratidão ao Criador.

A falsificação da fé já estava presente na era apostólica. Falsos mestres, sorrateiramente, invadiam a igreja e deturpavam a doutrina. Sabendo disso, os apóstolos escreveram as epístolas, cujo objetivo era, também, combater as heresias e manter a doutrina pura. A Carta de Judas, por exemplo, revela o que os falsos mestres ensinavam e como se comportavam.

Os falsos mestres são enganadores. Por isso, não são o que aparentam. Eles parecem irmãos, mas quando participam das reuniões de fraternidade estão apenas preocupados consigo mesmos. Parecem pastores, mas apascentam a si mesmos. Parecem uma boa nuvem que vai trazer a chuva tão esperada, mas, levada pelos ventos, não chove onde é necessária. Eles parecem árvores frutíferas, mas não têm frutos nem raízes. Estiveram espiritualmente mortos antes de conhecer o evangelho e, depois de o abandonarem, morreram uma segunda vez.

Esses enganadores são o que não aparentam. São como as rochas submersas – um perigo para os navegadores. Se você ficar por perto vai se dar mal. Afaste-se. Os faróis existem para alertar sobre rochas submersas, e a Carta de Judas é um farol que nos incentiva a ficar longe dos falsos mestres. Eles se assemelham às ondas que espumejam a própria sujeira e às estrelas cadentes que brilham por um momento e logo desaparecem.

Diferentemente da doutrina verdadeira, a heresia vem do inimigo de Deus. Ela é seu instrumento para nos afastar de nosso Pai. Fuja da heresia! Escolha estar do lado da verdade. 

https://youtu.be/VVnTIcHAl30

Nenhum comentário:

Hotel Abraão

  Devocional Diário Hotel Abraão Abraão plantou uma tamargueira em Berseba e invocou ali o nome do Senhor, o Deus Eterno. Gênesis 21:33 Um c...