segunda-feira, 27 de novembro de 2023

Isaías 4 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Isaías 4
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


ISAÍAS 4 – Este capítulo inicia com uma expressão profética “naquele dia”; equivale ao tempo anunciado de que as mulheres que esbanjavam sensualidade enfrentariam escassez de homens, devido ao julgamento que viria sobre Israel.

A ideia é que as mulheres dividiriam um homem sem pedir recursos financeiros, para não ficarem desprovidas de relações sexuais. O número 7 indica situação extrema (Isaías 4:1).

Apesar da independência financeira, elas reconhecem a necessidade de um relacionamento. Elas almejam ser chamadas pelo nome de um homem, indicando a importância do reconhecimento social e proteção. O desejo de ser chamada pelo nome de alguém (sobrenome) reflete uma busca por identidade e pertencimento.

• Em meio a julgamentos ou situações difíceis, as pessoas podem buscar soluções próprias para satisfazerem seus desejos; mas, afinal, precisam reconhecer que necessitam mesmo é da intervenção divina.
• Não temos habilidades suficientes para resolver nossos dilemas, nossas necessidades e carências. Contudo, toda tentativa de solução à parte de Deus não passa de paliativos que não resolvem de fato nossos problemas.
• Somente o “Renovo do Senhor” traz alegria, satisfação e solução para a culpa e vergonha da situação crítica “naquele dia” (Isaías 4:2).

Além do Renovo que representa o Messias trazendo renovação espiritual e restauração ao povo de Deus, Jesus é descrito como “uma nuvem de dia e um clarão de fogo de noite” (Isaías 4:5); essa imagem refere-se à presença divina que guiou o povo de Israel no deserto após o Êxodo, sugerindo a necessidade da presença constante e orientação divina em tempos difíceis, não paliativos humanos.

O julgamento divino visava a purificação dos pecados do povo de Deus na época de Isaías (Isaías 4:2-4). Isso deve levar-nos a refletir sobre a nossa busca por satisfação em meio às aflições e angústia de nosso coração diante das consequências dos nossos pecados. Nestas situações...

• Precisamos considerar a Deus, reconhecer nossa real necessidade de purificação e arrependimento.
• Precisamos do Renovo do Senhor renovando nossa vida!

No tempo escatológico, a purificação do santuário aponta para a purificação do povo de Deus (Daniel 8:13-15). Nos eventos que antecedem a segunda vinda de Cristo, haverá tribulações e desafios (Apocalipse 7:1-17; 13:1-18); porém, temos a promessa de que Deus guiará e protegerá Seu povo (Isaías 4:6; Daniel 12:1). É disso que precisamos!

Portanto, reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
••••

Nenhum comentário:

Dor de coração

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 24 de julho https://mais.cpb.com.br/meditacao/dor-de-coracao/ Dor de coração O cetro não se ar...