quarta-feira, 25 de outubro de 2023

Provérbios 22 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Provérbios 22
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


PROVÉRBIOS 22 – Embora seja o escritor principal, Salomão não foi o único a escrever os provérbios bíblicos. Veja estas interessantes curiosidades:

• Livro 1 – Provérbios de Salomão (Provérbios 1:1-9:18).
• Livro 2 – Várias máximas de Salomão (Provérbios 10:1-22:16).
• Livro 3 – As palavras de outros sábios (Provérbios 22:17-24:34).
• Livro 4 – Provérbios copiados pelos servos de Ezequias (Provérbios 25:1:29:27).

Apêndice A – Palavras do sábio Agur (Provérbios 30:1-33).
Apêndice B – Conselhos da rainha-mãe ao filho, o rei Lemuel (Provérbios 31:1-9).
Apêndice C – A mulher virtuosa: A conclusão do livro de sabedoria (Provérbios 31:10-31).

Provérbios 22 contém sabedoria de outros sábios – tão inspirados por Deus quanto os provérbios de Salomão. As instruções desses sábios nos são úteis; portanto, merecem nossa atenção, análise e reflexão.

O conteúdo destes sábios iniciado em Provérbios 22:17 “trata-se das instruções do professor ao seu aluno (‘filho’), que está sendo educado para um posto de responsabilidade”, explica Merril Unger.

Além de desestimular amizades com pessoas briguentas, chatas e ranzinzas, e combater o furto e a irresponsabilidade, os sábios tratam do tema da pobreza (Provérbios 22:22-23; 23:10-11, 21), tanto quanto Salomão (Provérbios 13:23; 14:31; 19:17; 21:16; 22:2, 9) e o restante de Provérbios (Provérbios 29:7; 31:20).

Baseando-se nestes ensinamentos, Wagner Kuhn sustenta que “Deus é desonrado quando os pobres são oprimidos e maltratados”; em contrapartida, “Deus é honrado quando o pobre é ajudado, e recompensa e abençoa aquele que cuidar dos pobres”. Inclusive, salienta que “a mulher sábia também é retratada como alguém que se preocupa com os pobres e necessitados”.

Certamente que, “o livro de Provérbios reflete sobre as causas da pobreza. Este é o resultado da preguiça (Pv 6:10-11; 10:4; 20:13; 24:33-34), da falta de disciplina (Pv 13:18), da inatividade (Pv 14:23; 28:19), da precipitação (Pv 21:5) e do excesso (Pv 21:17; 23:20-21). Contudo, isso não significa que toda pobreza é merecida... De fato, os Provérbios enfatizam a dignidade do pobre e censuram severamente aqueles que o oprimem [ver Provérbios 14:31; 17:5]” (Elias Brasil de Souza).

Enfim, através da assimilação dos Provérbios, Deus quer ensinar-nos que “a boa reputação vale mais que grandes riquezas;” e, “desfrutar de boa estima vale mais que prata e ouro” (Provérbios 22:1). Assim, Provérbios contém recursos para ajudar as crianças que estão sob nossa responsabilidade (Provérbios 22:6, 17-21). Portanto, reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.
••••

Nenhum comentário:

Jenga e Lego

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 20 de julho https://mais.cpb.com.br/meditacao/jenga-e-lego/ Jenga e Lego Irmãos, pelo nome de ...