quarta-feira, 13 de setembro de 2023

Salmos 130 Comentário:

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Salmos 130
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


SALMO 130 – Quando abrimos o coração a Deus com sinceridade, nossa súplica será expressa na busca pela misericórdia divina.

Considere atentamente estes itens:

• O Salmo inicia com o salmista crente, submergindo num profundo estado de desespero e aflição. Da lama da angústia, ele ergue-se em direção a Deus. Ele chama, pede... clama. Ele submete-se a Deus, reconhecendo Seu senhorio (Salmo 130:1).

• O desespero leva as pessoas de fé a apelar a Deus, a fim de que Deus o escute. Ele precisa que Deus lhe preste atenção, pois ninguém mais o entende ou tem condições de auxiliá-lo (Salmo 130:2).

• O reconhecimento de quem Deus é requer que se peça misericórdia. A realidade é que “não há nenhum justo, nem um sequer... todos se desviaram... não há ninguém que faça o bem, não há nenhum sequer”, afirma Paulo em Romanos 3:10-12, baseando-se na mensagem profética do Antigo Testamento (Miqueias 7:2-4). Por isso, o salmista indaga retoricamente: “Se Tu, Soberano Senhor, registrasse os pecados, quem escaparia?” (Salmo 130:3). E, depois reconhece: “Mas contigo está o perdão, para que sejas temido” (Salmo 130:4).

“Mas” neste verso, introduz uma ideia de contraste referindo-se a Deus, que, embora seja Soberano e santo, oferece o presente gracioso do perdão. O interessante é que, a finalidade do perdão é inspirar o temor de Deus. Quanto mais entendemos nossa situação deplorável, miserável e condenável, mais valorizaremos o perdão, e mais respeitaremos reverentemente a Deus que concede esse galardão.

• Diante desta ação divina ao moribundo pecador penitente, só resta apegar-se a esse Deus gracioso, maravilhoso, extraordinário, fantástico e sensacional (Salmo 130:5-6).

Muitos crentes não alcançam a profundidade de conhecimento de Deus que o salmista alcançou. Alguns vivem na superficialidade do relacionamento com Ele, outros criam conceitos próprios que diferem de quem Ele realmente é. Precisamos assimilar esses insights providos pelo salmista, para não deturpar o caráter gracioso de Deus.

• Com um Deus com um perfil revelado pelo salmista, toda a esperança precisa ser colocada nEle. Esta alegria e bênção precisam ser compartilhadas; por isso o apelo no final do salmo: “Ponha a sua esperança no Senhor... pois no Senhor há amor leal e plena redenção. Ele próprio [te] redimirá... de todas as suas culpas” (Salmo 130:7-8).

Que Deus incrível, indescritível! NEle podemos reavivarmo-nos diariamente! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
••••

Nenhum comentário:

Espera ativa

  Devocional Diário  Vislumbres da eternidade  19 de maio https://mais.cpb.com.br/meditacao/espera-ativa/ Espera ativa Não deixarei que fiqu...