domingo, 10 de setembro de 2023

Salmos 127 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Salmos 127
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


SALMO 127 – Pelo menos quatro temas sobressaem neste Salmo inspirado:

• Edificação da casa: É imprescindível confiar em Deus para edificar uma casa, um lar, uma moradia como lugar seguro; como também é fundamental depender de Deus para o cuidado de uma cidade. Isso não implica que não devamos esforçar-nos, mas que nossos esforços são insignificantes quando desprovidos de bênçãos, orientação e proteção divinos. Somos incentivados a aprender a lição da humildade e a reconhecer a soberania de Deus em todas as áreas da vida (Salmo 127:1).

• Descanso adequado: A ansiedade excessiva e os esforços demasiados das pessoas não são a maneira eficaz de ser eficiente na busca pelo sucesso. O segredo da vida é confiar em Deus; pois, Ele cuida de Seus amados inclusive quando dormem. O descanso faz parte da vida, tanto quanto o sono e o ato de dormir. Fazendo isso equilibradamente leva-nos a confiar na provisão divina e a não sobrecarregar nossa mente, nosso físico e nossa vida com coisas ou preocupações desnecessárias que podem resultar em doenças físicas ou emocionais – o oposto de sucesso e prosperidade (Salmo 127:2).

• Responsabilidades paternais: A herança do Senhor são os filhos, que valem mais que qualquer fazenda, imóvel ou herança material. Os filhos são presentes de Deus, os quais requerem valorização e responsabilidade no cuidado e na educação. Pais negligentes não ensinam com amor nem orientam quanto ao temor do Senhor. As flechas citadas no texto sugerem que os pais devem agir como bons guerreiros que preparam seus filhos para as batalhas da vida. Para isso, devem ter propósito, foco, determinação e desprendimento (Salmo 127:3-4).

• Bênção familiar: Pais que criam bem seus filhos estruturam sua família para ser bênção. Em vez de tormento, lamento e sofrimento, os filhos serão a alegria da família – ao contrário dos pais que investiram em riquezas materiais e não tiveram tempo para formar o caráter de seus rebentos: Serão envergonhados (Salmo 127:5).

Inúmeras coisas ao nosso redor conspiram contra estes quatro pontos. Desde aparelhos eletrônicos até excesso de trabalho roubam a responsabilidade dos pais e dos filhos: Já não há convivência saldável, não sabem desfrutar de tempo juntos, como família. Quase tudo é chato se não estiverem conectados por redes sociais ou programas virtuais midiáticos.

Reconsideremos nossas prioridades... reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
••••

Nenhum comentário:

Fruta nossa de cada dia

  Devocional Diário Fruta nossa de cada dia E o Senhor Deus ordenou ao homem: “De toda árvore do jardim você pode comer […].” Gênesis 2:16 A...