quarta-feira, 6 de setembro de 2023

Salmos 123 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Salmos 123
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


SALMO 123 – Só quem reconhece suas fragilidades trilha pelo caminho trilhado pelo salmista diante das dificuldades.  Aqui o salmista busca refúgio e esperança no Senhor, reconhecendo a própria fraqueza e a tremenda necessidade da infinita graça divina.

Este aparentemente simples Salmo contém temas teológicos importantes, como a dependência do humano em relação ao divino, a humildade que se deve ter diante de Deus e a confiança plena na misericórdia do Senhor. São apenas 4 versos, mas eles têm um precioso valor.

“Com os olhos voltados para o Céu, esforçando-se para vislumbrar a misericórdia divina, os cativos suplicam ao Senhor para dar fim à longa e escura noite de perseguição [...]. A misericórdia específica em mente é o fim imediato do exílio e o regresso à terra pela qual o coração dos cativos ansiava [...]. Há tempo, suportam os comentários maliciosos daqueles que estão à sua vontade (Zc 1:15). Já sofreram demais sob a arrogância de seus captores babilônios soberbos (Jr 50:31-32). Não aguentam mais. Estão no limite! Acreditam que é hora de o Senhor realizar uma reviravolta” explica William MacDonald.

Agora, reflita:

• Considerando atentamente, com oração e aguçada percepção espiritual cristã, o Salmo 123 pode muito bem ser aplicado escatologicamente como um lembrete de que, assim como os cativos esperavam a restauração de sua nação e o fim do exílio, os cristãos também esperam a redenção final e restauração completa de todas as coisas no fim dos tempos (Romanos 8:22-23). Assim como os cativos olhavam para o Céu em busca de misericórdia, os fieis do Novo Testamento olham para o Céu aguardando a vinda de Cristo e o cumprimento da promessa de Deus (Lucas 21:28; Apocalipse 10:6-7).

• A ênfase na humildade e na dependência de Deus no Salmo 123 pode ser aplicada escatologicamente ao lembrar os crentes de sua necessidade contínua da graça divina (Tito 2:11-14). Mesmo quando aguardam o fim dos tempos, os fieis são chamados a permanecer humildes e dependentes de Deus, reconhecendo que sua esperança está firmemente ancorada em Deus, igualmente como os cativos israelitas reconheceram (Tiago 5:7-8; Apocalipse 14:12).

As aplicações escatológicas do Salmo 123 nos convidam a esperar pacientemente a redenção final, dependendo de Deus e confiando em Sua misericórdia. Avivemos nossa fé e despertemos de nossa letargia espiritual! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
••••

Nenhum comentário:

Jenga e Lego

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 20 de julho https://mais.cpb.com.br/meditacao/jenga-e-lego/ Jenga e Lego Irmãos, pelo nome de ...