terça-feira, 4 de julho de 2023

Salmos 59 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Salmos 59
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


SALMO 59 – Gente boa pode ser acometida pelo mal. Inocentes podem sofrer horrores. Pessoas más estão por todo lugar praticando injustiças contra quem faz o bem. Nem os ungidos do Senhor, como Davi, o homem segundo o coração de Deus, estão livres dos ataques desprovidos de lógicas.

O contexto do Salmo 59 está conectado ao fato ocorrido em I Samuel 19:11. Quando os mensageiros de “caráter vulgar e rude dos subordinados de Saul” foram enviados para matar traiçoeiramente a Davi, Mical, filha de Saul e esposa de Davi “o ajudou a fugir por uma janela, no meio da noite”, destaca John MacArthur; o qual divide o Salmo em duas partes:

• Um pedido de livramento da parte de Deus (Salmo 59:1-15).
• O louvor pela defesa provida por Deus (Salmo 59:16-17).

O rei Saul, sogro de Davi, atormentado por um espírito maligno, cruel ao máximo com seu genro, o tornou seu inimigo mortal, sem qualquer motivo lógico. Davi sofreu horrores, e o Salmo em análise descreve a injusta perseguição e ameaça mortal por parte de inimigos cruéis. “Os cães do mundo antigo eram, normalmente, carniceiros e selvagens. Aqui [no Salmo 59:6], servem de analogia para os mensageiros de Saul, que estavam do lado de fora da casa de Davi, armando para ele uma emboscada”. A expressão “todas as nações”, do versículo 8, “bem como ‘meu povo’ no v. 11, sugerem que esse Salmo foi escrito muitos anos depois, quando Davi era rei e estava envolvido em questões internacionais. Davi escreveu seus salmos como um profeta sob a superintendência do Espírito Santo (2 Sm 23:2)”, comenta MacArthur.

Desta forma, o conteúdo do Salmo não se aplica apenas a sogros e genros tensos; mas até mesmo a situações bem abrangentes envolvendo tensões entre nações. Em situações assim, Davi é um ícone de inspiração para incentivar-nos a clamar a Deus por proteção, buscando refúgio de inimigos vorazes em Sua presença.

• O Salmo 59 expressa claramente confiança na justiça divina e no poder do Deus que frustra os planos de pessoas maquiavélicas.

O Salmo 59 revela-nos que, mesmo quando a oração aparentemente não muda a situação imediatamente, fixada em Deus ela terá um poder transformador em nossa vida, fortalecendo a nossa fé, trazendo conforto e renovando nossa esperança. Portanto, reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.
#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
•••••

Nenhum comentário:

Oportunidades

 Oportunidades Se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas, se morrer, produz muito fruto. João 12:24 Foi muito triste...