sexta-feira, 16 de junho de 2023

Salmos 41 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Salmos 41
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


SALMO 41 – Este Salmo oferecer insights e significados profundos a pessoas de diferentes contextos culturais e filosóficos. Este texto da tradição judaico-cristã aborda temas como a compaixão, a proteção divina e a esperança em meios às dificuldades.

Já no início, a primeira premissa ressalta a importância de cuidar dos necessitados e promover a justiça social. Quem valoriza a igualdade, os direitos humanos e a responsabilidade social percebe nesses versículos um apelo à solidariedade e à preocupação com os menos favorecidos (Salmo 41:1-3).

Davi continua descrevendo sua experiência em meio às adversidades e traições. Ele clama a Deus por cura e proteção, enquanto lida com a hostilidade de seus inimigos. Ao longo do Salmo, expressa sua confiança na fidelidade de Deus, que o susterá em seus momentos de fraqueza e o levantará. Confiança em Deus e esperança na superação das dificuldades toca o coração daqueles que enfrentam aos tremendos desafios da vida moderna (Salmo 41:4-13).

Antes de oferecer ajuda, Deus nos acode, nos socorre e nos enche de esperança. Deus acode os vulneráveis. Desta forma teremos algo para oferecer ajuda a quem carece de socorro. Sem que Deus nos conceda primeiro, não teremos o essencial para oferecer a ninguém. Deus, “Pai das misericórdias e Deus de toda consolação, que nos consola em todas as nossas tribulações, para que, com a consolação que recebemos de Deus, possamos consolar os que estão passando por tribulações (2 Coríntios 1:3-4).

Com Deus e através dEle somos divinamente habilitados e capacitados para oferecer compaixão e solidariedade, responsabilidade social, confiança em meio às adversidades e ter esperança na restauração. Tais características, quando adotadas em nosso estilo de vida, enriquecem a corrida e estressante vida moderna, fornecendo princípios teológicos práticos que orientam nosso pensamento, ações e relacionamentos.

Não é fácil viver pacientemente numa sociedade intolerante, opressiva e competitiva. Por isso, estando adoecidos, precisamos da cura de Deus para nos restaurar física, emocional e espiritualmente. Precisamos pedir a cura (Salmo 41:4) e a misericórdia divina (Salmo 41:10) para ser íntegros na presença de Deus e das pessoas (Salmo 41:5-9, 11-12); do contrário, não suportaríamos a santidade nem a perversidade.

Que o Salmo 41 inspire-nos a viver uma vida de compaixão, confiança e busca pela cura e restauração que só Deus pode proporcionar. Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
•••••

Nenhum comentário:

Fruta nossa de cada dia

  Devocional Diário Fruta nossa de cada dia E o Senhor Deus ordenou ao homem: “De toda árvore do jardim você pode comer […].” Gênesis 2:16 A...