segunda-feira, 22 de maio de 2023

Salmos 16 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Salmos 16
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


SALMO 16 – Do passado repleto de gratidão, ao futuro cheio de esperança, este Salmo guia-nos a uma compreensão mais profunda de nossa relação com Deus onipotente. Sua mensagem revela a verdadeira fonte de alegria inesgotável, a segurança indestrutível e a esperança infalível; assim, do passado ao presente, e para além do futuro, Davi revela-nos a chave para uma vida plena e segura.

Olhando para trás reconhecemos a proteção de Deus e relembramos Sua fidelidade conosco. Fazer essa reflexão capacita-nos a declarar ousadamente no presente: “Em Ti me refugio”, “Tu és o meu Senhor; não tenho bem nenhum além de Ti”, e “Bendirei o Senhor que me aconselha; na escura noite o meu coração me ensina!” (Salmo 16:1-2, 7). Uma história enraizada na fé e devoção a Deus pode se alegrar ao relembrar as ações divinas nas experiências da vida!

Devido à convivência com Deus no passado, é possível reconhecer que somente nEle há refúgio, segurança, plena alegria e esperança no presente. O desenvolvimento espiritual gera maturidade da fé que encontra orientação e descanso na proteção divina, a ponto de não ser influenciar-se por pessoas que buscam outros deuses, ídolos e outras formas de segurança que não garantem nada. Só assim é possível dizer: “Senhor, Tu és a minha porção e o meu cálice”, “Sempre tenho o Senhor diante de mim. Com Ele à minha direita, não serei abalado” (Salmo 16:5-8).

O futuro é relevante para quem confia plenamente em Deus, pois quem tem confiança nEle tem grande esperança de maravilhosa recompensa no futuro. Deste modo, haverá confiança na preservação da vida, até mesmo além da morte, pois a fé vislumbra a eternidade na presença de Deus, onde a plenitude da alegria será desfrutada. O foco da vida será Deus: “És Tu que garantes o meu futuro”, “Tu me farás conhecer a vereda da vida, a alegria plena da tua presença, eterno prazer à tua direita” (Salmo 16:5, 11).

Sintetizando,

• No passado, encontramos motivos para agradecer e confiar no presente.
• No presente, buscamos a Deus e encontramos refúgio.
• No futuro, depositamos nossa esperança na promessa de vida eterna em Sua presença.

No Salmo 16, somos convidados a olhar para trás com gratidão, viver o presente com confiança e, antecipar o futuro com esperança; portanto, reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
•••••

Nenhum comentário:

Jenga e Lego

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 20 de julho https://mais.cpb.com.br/meditacao/jenga-e-lego/ Jenga e Lego Irmãos, pelo nome de ...