sábado, 15 de abril de 2023

JOÃO: APÓSTOLO E PROFETA

 JOÃO: APÓSTOLO E PROFETA

Tenho ainda muito para lhes dizer, mas vocês não o podem suportar agora. João 16:12

Era quinta-feira, véspera da morte de Jesus. O que aconteceu com Ele nas últimas horas daquele dia está relatado com mais detalhes do que a respeito de qualquer outro dia de Sua vida. Somente no evangelho de João, a narrativa ocupa seis capítulos (13:1–18:27). O texto de hoje está nesse contexto.

No último encontro com Seus discípulos, antes de Sua morte, Jesus não disse: “Eu ensinei a vocês tudo quanto havia planejado.” Ou: “Eu ensinei tudo que vocês deviam saber.” Também não disse: “Eu ainda tenho um pouco que dizer a vocês.” Mas disse: “Tenho ainda muito para lhes dizer, mas vocês não o podem suportar agora.” Ele foi para a cruz e, depois, para o Céu, e não disse o que havia reservado para dizer no futuro. Mas explicou: “Porém, quando vier o Espírito da verdade, Ele os guiará em toda a verdade” (Jo 16:13).

Jesus ensinou o essencial, mas não tudo. Ele continuaria a Se revelar à Sua igreja, mostrando aquilo que não havia dito em Seu ministério terrestre – coisas que não foram escritas nos quatro evangelhos. Ele faria isso mediante o Espírito Santo, Sua testemunha (Jo 15:26). Jesus disse: “Ele não falará por Si mesmo, mas dirá tudo o que ouvir e anunciará a vocês as coisas que estão para acontecer. Ele Me glorificará, porque vai receber do que é Meu e anunciará isso a vocês” (v. 13, 14). O Espírito receberia de Cristo inclusive luz acerca do futuro e a anunciaria por meio dos apóstolos, que “falaram da parte de Deus, movidos pelo Espírito Santo” (2Pe 1:21).

Sendo assim, como apóstolo, João ensina, prega, escreve e testemunha a respeito de Cristo, Seus ensinos, Sua vida justa, Suas obras de misericórdia e Sua morte na cruz. É isso que vemos em seu evangelho. Mas, como profeta, ele anuncia eventos futuros, registrados no Apocalipse. Por testemunhar de Cristo mediante o dom profético, o Espírito Santo é chamado de “Espírito da profecia” (Ap 19:10). Com Paulo aconteceu algo semelhante. Ele é apóstolo, mas também é profeta, e em suas cartas há ensinamentos que vão além do que está nos evangelhos.

Hoje, sejamos gratos pela obra do Espírito Santo e por toda a revelação que Ele nos traz. Por meio Dele, temos segurança para o presente e esperança para o futuro.

MEDITAÇÃO DIÁRIA

15 de abril
https://mais.cpb.com.br/meditacao/joao-apostolo-e-profeta/
https://youtu.be/d43DeJoWoeM

Nenhum comentário:

Uma pitada de sal

  Devocional Diário Uma pitada de sal Que a palavra dita por vocês seja sempre agradável, temperada com sal, para que saibam como devem resp...