quinta-feira, 27 de abril de 2023

Jó 33 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Jó 33
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


JÓ 33 – Sem submissão total à revelação de Deus ficaremos tateando nas trevas da ignorância, acreditando sinceramente possuir inteligência.

Eliú faz tentativas de oferecer respostas às perguntas e dúvidas de Jó sobre a natureza de Deus e o propósito do sofrimento. Para isso, segue uma estrutura tripartite em seu discurso ao deprimente Jó:

Introdução (Jó 33:1-7):

• Eliú apresentou-se como quem tem mensagens de Deus para Jó.
• Seu propósito visava convencer Jó a ouvir suas palavras.
• Ele garantiu que seria sincero e só falaria a verdade.

Conteúdo do discurso (Jó 33:8-30):

• Eliú repreende Jó por alegar impecabilidade diante de Deus.
• Argumenta que todos os humanos são merecedores de punição por serem pecadores.
• Reforça a tese de Elifaz, Bildade e Zofar, porém, vai além ao argumentar que Deus pode enviar aflições para corrigir e disciplinar as pessoas.
• Ele enfatiza a importância de ouvir a voz de Deus e arrepender-se perante Ele.

Apelo final (Jó 33:31-33):

• Primeiramente, incentiva Jó a falar.
• Imediatamente, incentiva Jó a calar-se.
• Eliú pretende ensinar sabedoria a Jó.

Em síntese, parece que Eliú queria falar sem interrupções, convicto que suas palavras eram tão poderosas, importantes e relevantes que não deveriam ser interrompidas, ou contestadas. Isso sugere que Eliú achava-se dono da verdade, e não estava nem um pouco aberto a questionamentos ou dúvidas. Tal atitude revela uma pequena janela para a complexidade das relações interpessoais, indicando a perplexidade das discussões e comunicação humanas.

Será que atualmente existem pessoas como Eliú? Analise: Pessoas como Eliú...

• Acreditam que suas opiniões e perspectivas são as únicas corretas.
• Não dão abertura a questionamentos que confrontem suas opiniões.
• Falam demais.
• Não consideram importantes as opiniões alheias.
• Criticam e mal interpretam as ponderações dos outros.

Observe que, “Jó disse que não mentia (6:30), que não era perverso (10:7), que era justo e reto (12:4) e que não havia desobedecido a Deus (23:11-12), mas em nenhum momento afirmou ser irrepreensível. Persistiu em asseverar sua integridade (2:3; 27:4-5), mas nunca declarou ser perfeito. Na verdade, negou que o fosse (9:20-21). A premissa de Eliú [33:9] era equivocada, pois confundiu as palavras de Jó com as de Zofar [11:4]” (Warren Wiersbe). Ou seja, nem todo...

• sincero fala com sinceridade!
• mensageiro de Deus fala a Palavra de Deus!

Cuidado, vamos reavivarmo-nos na Palavra! – Heber Toth Armí.
#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
•••••

Nenhum comentário:

Lecitina espiritual

DEVOCIONAL DIÁRIO - VISLUMBRES DA ETERNIDADE  27 de fevereiro Lecitina espiritual    Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Por isso,...