terça-feira, 11 de abril de 2023

Jó 17 Comentário

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Jó 17
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


JÓ 17 – O livro de Jó é completo, intenso, profundo, maravilhoso, extraordinário. Sua mensagem é universal, para todas as pessoas, em todas as épocas e todas as situações.

Mesmo os céticos podem se beneficiarem com sua mensagem. Pois, todos, precisamos encontrar propósitos, importância e significa para a vida; principalmente quando mergulhamos em um oceano de sofrimento e nossos pensamentos entram em ebulição. Jó 17 mostra que a existência pode parecer sombria e desesperadora; seu discurso “termina com uma nota de completo desespero. A sepultura parece ser sua única esperança” (CBASD).

• Seria falta de fé e esperança essa triste constatação no discurso de Jó?

Jó 16 e 17 abordam o sofrimento de maneira realista e honesta. Jó expressa sua profunda tristeza e amarga frustração com a situação em que se encontra. Ele declara sentir-se abandonado e isolado pelos seus amigos e até mesmo por Deus, a quem ele questiona e acusa de ser injusto.

Céticos e incrédulos podem encontrar subsídio para seus dilemas nessas expressões diretas e honestas de Jó. Desta forma, podem encontrar alívio e perceber o lugar da busca honesta por verdades, feita por um homem profundamente sincero. As palavras proferidas por Jó mostram que é possível experimentar um sofrimento profundo e ainda manter uma perspectiva crítica e questionadora sobre a vida e a existência de Deus.

Como a morte atinge ricos e pobres, judeus e gentios, cristãos e pagãos, crentes e incrédulos, é importante tirar um tempo para uma sincera reflexão sobre sua realidade. E, Jó 17 pode ser de grande valia para tal reflexão, pois Jó desseca este assunto, já que sente à morte a sua espreita.

• A morte é meramente sepultura com vermes ou existe esperança além da morte?

Olhando atentamente para esta fala de Jó, é possível perceber quão infeliz são certas expressões religiosas que mais contribuem para a incredulidade que para a fé. O texto combate o conceito de que os sofrimentos e as frustrações da existência são castigos divinos. Essa ideia causa repulsa em muitas pessoas críticas e pensantes, como Jó! (Jó 17:4-8).

Apesar de sua fé, Jó questiona Deus; mostrando que a fé concede espaço para questionamentos sinceros.

• Será que não há algo que transcende a dor e o sofrimento?

Enfim, precisamos refletir honestamente para reavivarmo-nos! – Heber Toth Armí.
#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
•••••

Nenhum comentário:

Fruta nossa de cada dia

  Devocional Diário Fruta nossa de cada dia E o Senhor Deus ordenou ao homem: “De toda árvore do jardim você pode comer […].” Gênesis 2:16 A...