domingo, 19 de março de 2023

Ester 4 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – Ester 4
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


ESTER 4 – Diante dos problemas que nos assolam, das ameaças que nos sobrevém e dos inimigos que se levantam, é imprescindível estar ciente que Deus cuida de cada detalhe; que buscá-Lo através da oração significa procurar pela melhor solução, que a coragem precisa ser mais desenvolvida que o medo, e confiar nas promessas divinas nos tranquilizam.

Diante de um iminente extermínio, os judeus passaram por uma experiência que deixou-nos preciosas lições de vida; pois, mesmo sem ver a Deus ou entender Seus planos, Ele está no controle da história e do mundo.

Além disso, diante de problemas aparentemente insolúveis, a oração deve ser utilizada com maior força, acompanhada de jejum – duas ferramentas para enfrentar terríveis dificuldades que nos sobrevém em situações de injustiças, ameaças e ódio mortal.

A intolerância religiosa exigiu atitude corajosa no contexto de Ester, e exigirá a mesma atitude de Mardoqueu no tempo do fim (Apocalipse 13). Para isso, precisamos ser influenciados pelos princípios revelados na Palavra de Deus, especificamente em Ester 4:

• Informe-se sobre a gravidade da situação: Como Mardoqueu estava ciente das consequências oriundas da intolerância religiosa, nós também precisamos conhecê-las, para então, saber como enfrentá-las.
• Procure apoio no lugar certo: Assim como Mardoqueu buscou ajuda em Ester, e esta buscou ajuda com o rei Xerxes, seu marido, não hesitemos em procurar ajuda de pessoas, políticos ou instituições organizacionais que combatem a intolerância religiosa.
• Clame a Deus consagrando-se através do jejum: Além de buscar intervenção, buscar a Deus com intensidade acalmará o coração diante das adversidades. Ester sabia bem disso, e seria bom que todos nós soubéssemos e praticássemos.
• Tenha coragem para agir sabiamente: Como Ester, é preciso ter coragem, e tomar as medidas certas, na hora certa, diante da pessoa certa. Às vezes, será preciso denunciar casos de intolerância religiosa às autoridades competentes, apoiar campanhas, promover projetos a favor da liberdade religiosa ou, promover diálogos inter-religiosos positivos.
• Acredite na providência de Deus: Este ponto é o mais importante. Há desequilíbrio quando se enfatiza mais a perseguição do que a intervenção divina.

Nestes últimos dias, devemos ser atores, não apenas observadores”, diz John Graz. A diferença entre resistir e desistir está apenas na primeira letra da palavra, mas os resultados são demasiadamente contrastantes!

Diante desses princípios deste capítulo, reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
•••••

Nenhum comentário:

CANTARES

  CANTARES As muitas águas não poderiam apagar o amor, nem os rios, afogá-lo. Ainda que alguém oferecesse todos os bens da sua casa para com...