sexta-feira, 31 de março de 2023

CHUVAS DE BÊNÇÃOS

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

31 de março
https://mais.cpb.com.br/meditacao/chuvas-de-bencaos/

CHUVAS DE BÊNÇÃOS

Alegrai-vos, pois, filhos de Sião, regozijai-vos no Senhor, vosso Deus, porque Ele vos dará em justa medida a chuva; fará descer, como outrora, a chuva temporã e a serôdia. Joel 2:23, ARA

Se a revelação bíblica ocorresse hoje, provavelmente a verdade seria ilustrada com coisas, situações e profissões da atualidade. Assim, teríamos parábolas e outras figuras de linguagem sobre a geladeira, o relógio, a torneira, a lâmpada, o automóvel, o celular, a internet, o pedreiro, o médico, a secretária, o gerente, e muitas outras coisas que fazem parte da nossa realidade.

Como a revelação bíblica foi apresentada a uma sociedade essencialmente agropastoril, seus escritores ilustraram a verdade com figuras extraídas de seu contexto cultural. Eles falavam de campo, arado, sementes, flores e frutos, de animais e dos fenômenos da natureza, como o vento, a estiagem, o relâmpago e a chuva.

O plano que Deus fez para nos salvar inclui a poderosa atuação do Espírito Santo. Ele vem para habitar em Seu povo, abençoá-lo de diversas formas e conduzi-lo até a vitória final. Os profetas falaram a Seu respeito empregando a figura das chuvas, tão necessárias para a produção dos cereais. Enquanto as primeiras chuvas faziam a semente germinar e a planta crescer, as últimas amadureciam os grãos da espiga, preparando-os para ser ceifados.

Essas chuvas se aplicam tanto à igreja quanto ao indivíduo. Para a igreja, a chuva temporã, que veio a partir do Pentecostes, deu a ela condições de se estabelecer e evangelizar o mundo. A chuva serôdia, por sua vez, a preparará para anunciar com poder a última mensagem e a capacitará a enfrentar os últimos acontecimentos e a receber com alegria o Senhor em Seu retorno.

Para o indivíduo, a primeira chuva ocorre quando este recebe a semente do evangelho, a segunda coincide com a da igreja. É dito que “é dado o Espírito Santo para levar avante, de um estágio para outro, o processo de crescimento espiritual. O amadurecimento do grão representa a terminação do trabalho da graça de Deus na pessoa” (Testemunhos Para Ministros, p. 506).

Podemos, hoje, ter a presença do Espírito de Deus nos preparando para o segundo advento. Que Ele venha e nos transforme à imagem de Cristo!
https://youtu.be/U1jX5J8jGe8

Nenhum comentário:

O poder da informação

  Devocional Diário O poder da informação Que eles deem graças ao Senhor por Sua bondade e por Suas maravilhas para com os filhos dos homens...