sexta-feira, 17 de fevereiro de 2023

2 Crônicas 33 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – 2 Crônicas 33
Comentário: Pr. Heber Toth Armí

II CRÔNICAS 33 – Nem sempre os filhos aprendem praticar o bem com seus pais. O rei Manassés foi o constraste da bondade de seu pai Ezequias. Manassés foi ícone da perversidade no reino de Judá, liderando o povo de Deus.

A influência pecaminosa desse rei, cujo reinado de impiedade e apostasia foi sem precedentes na história do povo de Deus, em que suas práticas perversas incluíam sacrifícios infantis, altares pagãos e feitiçaria, foi equiparada ao das nações que Deus expulsou de Canaã diante dos Israelitas. O pior rei de Judá teve o maior perído de governo, levando os judeus a “fazerem pior do que as nações que o Senhor havia destruído diante dos israelitas” (II Crônicas 33:1-9). Provavelmente Manassés condenou Isaías mandando serrá-lo ao meio. Assim, possivelmente, Paulo referiu-se à morte desse profeta em Hebreus 11:37.

• Líderes políticos que dão vazão aos seus desejos corrompidos são responsáveis por causarem estragos devastadores a toda a nação sob o seu governo.
• Políticos corruptos podem arrepender-se e serem miraculosamente salvos.

As terríveis consequências de seus atos levaram Manassés a reconhecer a Deus e a arrepender-se. Para isso, ele precisou descer do entulho de orgulho ao vale da humildade. Ele foi restaurado, e então restaurou o templo e o culto a Deus retirando tudo o que era impróprio. Porém, seu filho seguiu seu exemplo negativo, e “não se humilhou diante do Senhor, antes, aumentou a sua culpa”; então, logo foi morto numa conspiração (II Crônicas 33:10-25).

A história de Manassés pode ser vista didaticamente revelando a importância de humilhar-se, arrepender-se diante de Deus para, então, receber perdão. Manassés foi ao exílio babilônico antes da nação de Judá ser levada cativa à Babilônia; assim, o perdão concedido por Deus ilustrava o perdão que a nação poderia desfrutar caso em cativeiro reconhecesse seus pecados e buscasse a Deus.

Arrependimento e oração convidam o poder Deus para prover restauração em nossa vida. Olhando para Manassés, os judeus poderiam encontrar esperança quando enfrentassem o exílio; e... nós também podemos.

Humilhar-se diante de Deus é o segredo para que Ele nos levante das desgraças que causamos a nós mesmos com nossos pecados – “A humildade antecede a honra” (Provérbios 15:33).

O mesmo Deus gracioso que restaurou Manassés anseia restaurar-nos também. Então, hoje vamos reavivar-nos! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz
•••••

Nenhum comentário:

Obadias 1 Comentário

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse Leitura Bíblica – Obadias 1 Comentário: Pr. Heber Toth Armí OBADIAS 1 – Ao analisar a mensagem curt...