sexta-feira, 20 de janeiro de 2023

2Crônicas 5 Comentário

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica – 2 Crônicas 5
Comentário: Pr. Heber Toth Armí


II CRÔNICAS 5 – Apesar do pecado – que é exacerbadamente inflamável diante da presença de Deus – o santo Deus quer Se envolver com pecadores.

Se não fosse Sua graça, misericórdia, bondade e compaixão pelos seres humanos mergulhados nas mazelas do pecado, o abandono seria o mínimo que Deus faria. Todavia, a Bíblia revela o santo Deus sempre indo atrás do pecador; ainda que, desde o início, o culpado fugia e se escondia dEle (Gênesis 3).

O Santuário foi um empreendimento divino com o objetivo de poder habitar entre os pecadores (Êxodo 25:8-9). Quando foi concluído esse projeto no deserto, a presença gloriosa de Deus manifestou-Se espetacularmente (Êxodo 40:34-35).

Nesse dia antigo, uma “nuvem cobriu a Tenda do Encontro, e a glória do Senhor encheu o tabernáculo. Moisés não podia entrar” nela, “porque a nuvem estava sobre ela, e a glória do Senhor enchia o tabernáculo”.

• Isso foi no passado! E, mais tarde, quando Salomão concluiu o templo (II Crônicas 5:1), Deus demonstrou Sua glória como fizera no passado?

O “sim” para esta pergunta deve-se ao fato de Deus ser bom e Seu amor misericordioso durar para sempre (II Crônicas 5:13). Nesse dia magnífico, a arca fora levada da Cidade de Davi ao Lugar Santíssimo do Templo, com a mesma forma de cortejo que se deu quando Davi transferiu a arca para Jerusalém (I Reis 8:1-11; I Crônicas 15:16). O povo agiu com Salomão como agiu com Davi: Todo o Israel aglomerou-se em Jerusalém. Levitas levavam a arca, e o cortejo celebrava alegremente, oferecendo inúmeras ofertas sacrificais (II Crônicas 5:2-13).

Então, “uma nuvem encheu o templo do Senhor, de forma que os sacerdotes não podiam desempenhar o seu serviço, pois a glória do Senhor encheu o templo de Deus” (II Crônicas 5:13-14), igualmente como aconteceu no tempo de Moisés.

“A música é uma forma de adoração, e o louvor e as ações de graças são um importante elemento da oração”; por isso, “enquanto as pessoas elevavam a voz e alegre louvor a Deus e em grata lembrança de Suas maravilhosas misericórdias, o Senhor Se aproximou, e uma nuvem encheu o templo”, salienta o Comentário Bíblico Adventista.

Sonho quando a glória de Deus encher toda a Terra (Isaías 11:9; Habacuque 2:14). Reavivemo-nos enquanto aguardamos... Celebremos a Deus! – Heber Toth Armí.

#rpsp #ebiblico #palavraeficaz

Nenhum comentário:

A OBRA DO ESPÍRITO SANTO

  A OBRA DO ESPÍRITO SANTO Quando Ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo: do pecado, porque eles não creem em Mim; da...