sexta-feira, 18 de novembro de 2022

O REFINADOR

 O REFINADOR

O crisol prova a prata e o forno prova o ouro; mas o Senhor prova os corações. Provérbios 17:3

Cremos sem dúvida alguma que Cristo está para vir em breve. Isso não é uma fábula para nós, é uma realidade. […] Quando Ele vier, não nos purificará de nossos pecados, para remover de nós os defeitos de caráter, nem para nos curar das fraquezas de nosso temperamento e disposição. Se acaso essa obra tiver de ser efetuada em nós, será realizada totalmente antes daquela ocasião.

Quando o Senhor vier, os que são santos serão santos ainda. Os que tiverem conservado o corpo e o espírito em santidade, em santificação e honra, receberão então o toque final da imortalidade. Mas os que são injustos, não santificados e sujos, assim permanecerão para sempre. Nenhuma obra se fará então por eles para remover os defeitos e lhes dar um caráter santo. Naquela ocasião, o Refinador não Se ocupará com o processo de purificação, para remover-lhes os pecados e a corrupção. Tudo isso deve ser realizado durante o tempo da graça. É agora que essa obra deve ocorrer em nós. […]

Achamo-nos em um mundo avesso à justiça, à pureza de caráter e ao crescimento na graça. Para onde quer que olhemos, vemos corrupção e contaminação, deformidade e pecado. E qual é a obra que devemos empreender aqui antes de receber a imortalidade? É conservar nosso corpo santo e nosso espírito puro, para que permaneçamos incontaminados entre as corrupções tão comuns ao nosso redor nestes últimos dias. […]

“Será que vocês não sabem que o corpo de vocês é santuário do Espírito Santo, que está em vocês e que vocês receberam de Deus, e que vocês não pertencem a vocês mesmos? Porque vocês foram comprados por preço. Agora, pois, glorifiquem a Deus no corpo de vocês” (1Co 6:19, 20).

Não somos de nós mesmos. Fomos comprados por alto preço, os próprios sofrimentos e a morte do Filho de Deus. Caso pudéssemos compreender isso, e o avaliássemos plenamente, experimentaríamos uma grande responsabilidade a repousar sobre nós quanto a nos manter no melhor estado de saúde, a fim de prestar a Deus um serviço perfeito. Quando, porém, seguimos qualquer conduta que nos gasta a vitalidade, diminui a força ou obscurece o intelecto, pecamos contra Deus (Testemunhos Para a Igreja, v. 2, p. 354-356).

PARA REFLETIR: Como a pureza da sua vida afeta o poder do seu testemunho?

https://youtu.be/t98mUwlQjn0

MEDITAÇÃO DIÁRIA

18 de novembro
https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-refinador/

Nenhum comentário:

A PUREZA INFINITA

  A PUREZA INFINITA E todo o que tem essa esperança Nele purifica a si mesmo, assim como Ele é puro. 1 João 3:3 Ao terminar o discurso, Jesu...