domingo, 2 de outubro de 2022

O CORDEIRO PASCAL

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

2 de Outubro

         O CORDEIRO PASCAL

   Então Jesus lhes disse: "Tenho desejado ansiosamente comer esta Páscoa com vocês, antes do Meu sofrimento." Lucas 22:15

   No cenáculo em Jerusalém, Cristo estava à mesa com os discípulos. Tinham se reunido para celebrar a Páscoa. O Salvador desejava comemorar essa festa a sós com os doze. Sabia que era chegada Sua hora. Ele próprio era o Cordeiro pascal e, no dia em que se comia a Páscoa, devia ser sacrificado. Estava prestes a beber o cálice da ira. Devia logo receber o batismo final do sofrimento. No entanto, algumas horas tranquilas Lhe restavam, e elas deviam ser empregadas em beneficio dos amados discípulos.

   Toda a vida de Cristo tinha sido de abnegado serviço. A lição de cada ato Seu havia sido: "Não [...] para ser servido, mas para servir" (Mt 20:28).
Contudo, os discípulos ainda não haviam aprendido a lição. Nessa última ceia pascal, Jesus repetiu Seus ensinos mediante uma ilustração que os gravou para sempre na mente e no coração deles.

   As conversas de Jesus com os discípulos eram geralmente períodos de serena alegria, muito apreciados por todos eles. As outras ceias pascais haviam sido ocasiões bastante interessantes, mas, dessa vez, Jesus estava perturbado. Tinha o coração oprimido, e Sua fisionomia era de preocupação. Ao estar com os discípulos no cenáculo, eles perceberam que algo Lhe pesava na mente e, embora não soubessem a causa, compadeceram-se de Sua dor.

   Enquanto estavam reunidos ao redor da mesa, Ele disse em tom de tocante tristeza: "Tenho desejado ansiosamente comer esta Páscoa com vocês, antes do Meu sofrimento. Pois Eu lhes digo que nunca mais a comerei, até que ela se cumpra no Reino de Deus. E, pegando um cálice, depois de ter dado graças, disse: Peguem e repartam entre vocês. Pois Eu digo a vocês que, de agora em diante, não mais beberei do fruto da videira, até que venha o Reino de Deus" (Lc 22:15-18).

   Cristo sabia que havia chegado o tempo de partir deste mundo e ir para
o Pai. E havendo amado os Seus que estavam no mundo, amou-os até o fim (0 Desejado de Todas as Nações, p. 517 [642, 643]).

   PARA REFLETIR: Como seria viver sabendo que a sua vida inteira se dirigia a um momento único de sofrimento, dor e morte?

Nenhum comentário:

A PUREZA INFINITA

  A PUREZA INFINITA E todo o que tem essa esperança Nele purifica a si mesmo, assim como Ele é puro. 1 João 3:3 Ao terminar o discurso, Jesu...