sexta-feira, 14 de outubro de 2022

MAJESTADE RECÉM-NASCIDA

  A MAJESTADE RECÉM-NASCIDA

   Entrando na casa, viram o menino com Maria, sua mãe. Prostrando-se, O adoraram. Mateus 2:11

   Os magos saíram de Jerusalém sozinhos. Começava a noite quando saíram pelos portões, mas, para sua grande alegria, viram novamente a estrela e foram guiados a Belém. Diferentemente dos pastores, não tinham sido comunicados sobre a humilde condição da criança. Depois da longa viagem, haviam ficado decepcionados com a indiferença dos líderes judaicos e tinham deixado Jerusalém menos confiantes do que quando chegaram. Em Belém, não encontraram nenhuma guarda real protegendo a Majestade recém-nascida. Nenhum dos grandes da Terra estava presente. Jesus estava deitado em um berço. Os pais, simples camponeses, eram Seus únicos guardiões. Poderia ser este Aquele de quem estava escrito que iria restaurar “as tribos de Jacó e trazer de volta o remanescente de Israel”, que seria “luz para os gentios” e “salvação até os confins da Terra”? (Is 49:6). 

   “Entrando na casa, viram o Menino com Maria, Sua mãe. Prostrando-se, O adoraram” (Mt 2:11). Por trás da humilde aparência exterior de Jesus, reconheceram a presença da Divindade. Entregaram o coração a Ele como seu Salvador, apresentando então suas dádivas – “ouro, incenso e mirra” (v. 11). Que fé! Assim como, anos depois, foi falado sobre o centurião romano, poderia também ser dito a respeito dos magos do Oriente: “Nem mesmo em Israel encontrei fé como esta” (Mt 8:10). 

   Os magos não haviam percebido a verdadeira intenção de Herodes em relação a Jesus. Depois de terem cumprido o objetivo da viagem, prepararam-se para regressar a Jerusalém na intenção de informar o rei sobre o sucesso de sua missão. No entanto, em sonho, receberam a divina mensagem de não mais falar com ele. Desviando-se de Jerusalém, partiram para sua terra por outro caminho. 

   De modo semelhante, José recebeu um aviso para fugir para o Egito com Maria e a criança. E o anjo determinou: “Fique por lá até que eu avise você; porque Herodes há de procurar o Menino para matá-Lo” (Mt 2:13). José obedeceu sem demora, viajando à noite para garantir mais segurança. 

   Por meio dos magos, Deus havia chamado atenção da nação judaica para o nascimento de Seu Filho (O Desejado de Todas as Nações, p. 41, 42 [63, 64]). 

   PARA REFLETIR: Seria necessário Deus usar um não cristão para fazer aquilo que Ele deseja que você faça? 

MEDITAÇÃO DIÁRIA

1de Outubro

Nenhum comentário:

A PUREZA INFINITA

  A PUREZA INFINITA E todo o que tem essa esperança Nele purifica a si mesmo, assim como Ele é puro. 1 João 3:3 Ao terminar o discurso, Jesu...