quinta-feira, 29 de setembro de 2022

O CONSUMADOR DA OBRA

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

O CONSUMADOR DA OBRA

Quando Jesus tomou o vinagre, disse: “Está consumado!” João 19:30

O Senhor não vem a este mundo com ouro e prata para o avanço de Sua obra. Antes, supre as pessoas com recursos para que elas, por meio de suas dádivas e ofertas, mantenham a obra de Deus avançando. Acima de todos os demais, o propósito para o qual os dons de Deus devem ser usados é o sustento de obreiros no grande campo de colheita. Se homens e mulheres se tornarem canais de bênçãos para outras pessoas, o Senhor manterá o suprimento desses canais. Não é o devolver a Deus aquilo que Lhe pertence o que torna as pessoas pobres. Ao contrário, é a retenção que tende a resultar em pobreza.

A obra de compartilhar aquilo que recebeu, definida para cada membro da igreja, torna-o um cooperador de Deus. De si próprio você nada pode realizar, mas Cristo é o grande Obreiro. É privilégio de cada ser humano que recebe a Cristo tornar-se obreiro ao lado Dele.

Diz o Salvador: “E Eu, quando for levantado da terra, atrairei todos a Mim” (Jo 12:32). Cristo suportou a cruz pela alegria de ver pessoas redimidas. Tornou-Se o sacrifício vivo em favor do mundo caído. Nesse ato de autossacrifício, Cristo colocou o coração, o amor de Deus. Por meio do mesmo sacrifício foi dada ao mundo a poderosa influência do Espírito Santo. É por intermédio de Cristo que a obra de Deus deve avançar. Requer-se o autossacrifício de cada um dos filhos de Deus. Cristo diz: “Se alguém quer vir após Mim, negue a si mesmo, dia a dia tome a sua cruz e siga-Me” (Lc 9:23). A todos os que creem, Cristo provê um novo caráter. Esse caráter, por meio de Seu infinito sacrifício, é a reprodução do Seu próprio.

O Autor da nossa salvação será o Consumador da obra. Uma verdade recebida no coração criará lugar para outra mais. E a verdade, sempre que recebida, porá em ação as faculdades do seu recebedor. Quando os membros de nossas igrejas amarem verdadeiramente a Palavra de Deus revelarão as melhores e mais fortes qualidades; e quanto mais nobres forem, mais semelhantes às crianças serão, crendo na Palavra de Deus e afastando todo o egoísmo.

Uma torrente de luz resplandece da Palavra de Deus, e devemos reconhecer as oportunidades negligenciadas (Testemunhos Para a Igreja, v. 6, p. 448-450). 

PARA REFLETIR: Você entende que o trabalho para Deus é um privilégio, uma oportunidade concedida pelo Senhor para cooperar com Aquele que é o Consumador da obra? 
29 de setembro
https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-consumador-da-obra/
https://youtu.be/Q2K6Zfj1tAo

Nenhum comentário:

A PUREZA INFINITA

  A PUREZA INFINITA E todo o que tem essa esperança Nele purifica a si mesmo, assim como Ele é puro. 1 João 3:3 Ao terminar o discurso, Jesu...