terça-feira, 23 de agosto de 2022

O MENSAGEIRO DIVINO

 O MENSAGEIRO DIVINO

Porque Eu desci do Céu, não para fazer a Minha própria vontade, mas a vontade Daquele que Me enviou. João 6:38

Não conseguimos raciocinar da causa para o efeito? Não enxergamos que a obra do Senhor tem sido atrasada por causa da indolência em negociar os Seus bens, pelo egoísmo revelado na recusa em Lhe devolver a porção a Ele devida?

Quando Cristo fez a Sua entrada triunfal em Jerusalém, o aplauso da multidão chegou ao auge. Hosanas saíam dos lábios das pessoas, mas o Salvador não sentiu alegria alguma. Ele contemplou a cidade e chorou por ela, dizendo: “Ah! Se você soubesse, ainda hoje, o que é preciso para conseguir a paz! Mas isto está agora oculto aos seus olhos” (Lc 19:42). Ele viu milhares e milhares que logo estariam envolvidos na terrível destruição da cidade condenada. Quanto deve ter sido profunda a Sua emoção ao pensar na nação que forjava os próprios grilhões, selando a própria destruição e trazendo sobre si a nuvem da ira de Jeová! “Vocês resistiram em tom de desafio a todas as Minhas súplicas” – disse. – “Vez após vez, desviei os raios de justiça. Em amor, esperei a sua penitência e o seu arrependimento. Tolerei como um homem tolera o próprio filho que o serve. Mas vocês não vieram a Mim para ter vida.”

As lágrimas agonizantes de Cristo não foram derramadas apenas por Jerusalém. Ele chorou ao pensar na terrível retribuição que sobrevirá ao mundo impenitente. Jesus continua a trabalhar com paciência e amor em prol da salvação dos pecadores. O Mensageiro divino não bate à porta do coração pedindo entrada? O Espírito não apela aos pecadores? Cristo não chama as pessoas enfermas pelo pecado a se assentar aos Seus pés e aprender Dele, a suportar o Seu jugo de submissão e obediência? Ele não andou por toda parte espalhando bênçãos pelo caminho? Não há desgaste na Sua paciência nem repressão do Seu amor. Ouça a voz Dele falando aos fracos, cansados e desamparados: “Venham a Mim todos vocês que estão cansados e sobrecarregados, e Eu os aliviarei. Tomem sobre vocês o Meu jugo e aprendam de Mim, porque sou manso e humilde de coração; e vocês acharão descanso para a sua alma” (Mt 11:28, 29). Você permitirá que a graça suavize o coração de pedra? (Review and Herald, 3 de dezembro de 1901).

PARA REFLETIR: Quão terno é o coração de Jesus? Você consegue ouvi-Lo bater à porta do seu coração?
https://youtu.be/YzJMY-gzXLE

MEDITAÇÃO DIÁRIA

23 de agosto
https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-mensageiro-divino/

Nenhum comentário:

O CONSUMADOR DA OBRA

  MEDITAÇÃO DIÁRIA O CONSUMADOR DA OBRA Quando Jesus tomou o vinagre, disse: “Está consumado!” João 19:30 O Senhor não vem a este mundo com ...