quarta-feira, 24 de agosto de 2022

Juízes 12 Comentário

 Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse

Leitura Bíblica - Juízes 12
Comentário Pr Heber Toth Armí

JUÍZES 12 – Tensão e desentendimento entre conterrâneos, é indicação de falta de paz no coração. Afastar-se de Deus e dos Seus princípios espirituais, resulta em conflito e confusão social. Guerra civil... é inadmissível, mas é possível acontecer. Isso é consequência funesta do pecado.

Incompreensão, intolerância, arrogância e ignorância não resolvem problemas, apenas os promovem. Brigas, contendas, rixas e desentendimentos geralmente não têm explicação lógica para existirem, senão como fruto do pecado que habita o coração humano (Mateus 15:19). A primeira guerra começou num ambiente perfeito, no Céu, incitada por um anjo perfeito, Lúcifer; a qual migrou para a Terra, e hoje se chama grande conflito (Apocalipse 12:7-9). As guerras entre nações e entre irmãos nada mais são que reflexos dessa grande guerra cósmica, provocada pelo mal.

Após resolver o conflito contra os amonitas – inimigos pagãos – Jefté teve que lidar com o conflito entre os efraimitas – seus irmãos. Que triste ver o povo de Deus envolvido em confusão desnecessária! “A tribo de Efraim é apresentada de forma desfavorável tanto em Juízes 8:1-3 como neste verso. Eram passivos em tempos de opressão e arrogantes quando outras tribos tomavam iniciativa e obtinham a vitória. Gideão foi conciliador e ignorou a grosseria deles, mas Jefté não estava disposto a se tornar subserviente. A reclamação resultava do desejo de ser considerada a tribo israelita líder. O orgulho levou a tribo a se ressentir de não ter tomado parte na glória da vitória. Além disso, eles negavam a Gileade o direito de ação independente, e mais ainda o de escolher um governante” (Comentário Bíblico Adventista).

42.000 da tribo de Efraim foram mortos por incitarem uma guerra sem necessidade alguma (Juízes 12:6); o orgulho ofusca a percepção conduzindo aos orgulhosos à frustração.

Jefté liderou apenas 6 anos, e morreu. Sua vida sem descendentes contrasta com o juiz Ibsã que gerou 60 filhos e Abdom que gerou 40 filhos e teve 30 netos (Juízes 12:8-15).

O fato de citar alguns juízes rapidamente (Ibsã, Elom e Abdom) que reinaram mais tempo que Jefté, e utilizar mais de 50 versículos para Jefté, mostra haver um interesse divino na seleção revelada no livro: Os futuros leitores deveriam saber como evitar anarquia social, opressão nacional e apostasia generalizada.

Como precisamos muito desse livro atualmente! Portanto, reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

#ebiblico #rpsp #palavraeficaz‌‌

Nenhum comentário:

O CONSUMADOR DA OBRA

  MEDITAÇÃO DIÁRIA O CONSUMADOR DA OBRA Quando Jesus tomou o vinagre, disse: “Está consumado!” João 19:30 O Senhor não vem a este mundo com ...