segunda-feira, 22 de agosto de 2022

O AUTOR

 O AUTOR


Ah! Senhor Deus, eis que Tu fizeste os Céus e a Terra com o Teu grande poder e com o Teu braço estendido; nada é demasiadamente difícil para Ti. Jeremias 32:17

A saúde é uma bênção de que poucos apreciam o valor; contudo, grande parte da eficiência de nossas forças mentais e físicas depende dela. Nossos impulsos e paixões têm sua sede no corpo, e ele deve ser conservado na melhor condição física e sob as melhores influências espirituais, para que façamos o melhor uso de nossos talentos.

Tudo que diminui nossa força física enfraquece a mente e a torna menos capaz de discernir entre o bem e o mal. Ficamos menos aptos para escolher o bem e temos menos força de vontade para fazer aquilo que sabemos ser justo.

O mau uso de nossas forças físicas abrevia o período de tempo em que nossa vida pode ser usada para a glória de Deus e nos incapacita a cumprir a obra que Ele nos deu para fazer. Condescendendo com a formação de maus hábitos, recolhendo-nos tarde, satisfazendo o apetite com prejuízo da saúde, lançamos os fundamentos da debilidade. Negligenciando o exercício físico e cansando em excesso a mente ou o corpo desequilibramos o sistema nervoso. Os que assim desconsideram as leis naturais encurtam a vida, se desqualificam para a obra e são culpados de roubo para com Deus. E também estão roubando a seus semelhantes. A oportunidade de abençoar a outros, que é justamente a obra para a qual Deus os enviou ao mundo, foi abreviada por seu próprio procedimento. E incapacitaram-se para fazer mesmo aquilo que poderiam ter realizado em espaço de tempo mais breve. O Senhor nos considera culpados quando por nossos hábitos prejudiciais privamos o mundo do bem.

Transgressão da lei física é transgressão da lei moral; pois Deus tanto é Autor de uma como da outra. Sua lei está escrita com Seu próprio dedo em cada nervo, cada músculo e cada faculdade que confiou ao ser humano. E todo abuso de qualquer parte de nosso organismo é uma infração dessa lei.

Todos devem ter inteligente conhecimento da anatomia humana, para poder conservar o corpo em condição de executar a obra do Senhor (Parábolas de Jesus, p. 346-348).

PARA REFLETIR: Você tem roubado de Deus a sua utilidade ao falhar em cuidar do corpo? Que hábito saudável você precisa começar a desenvolver hoje?
https://youtu.be/qWM7S0Fq9l0

MEDITAÇÃO DIÁRIA

22 de agosto
https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-autor/

Nenhum comentário:

O CONSUMADOR DA OBRA

  MEDITAÇÃO DIÁRIA O CONSUMADOR DA OBRA Quando Jesus tomou o vinagre, disse: “Está consumado!” João 19:30 O Senhor não vem a este mundo com ...