quinta-feira, 21 de julho de 2022

O GRANDE VENDEDOR DE RIQUEZAS ESPIRITUAIS

 O GRANDE VENDEDOR DE RIQUEZAS ESPIRITUAIS

Ó profundidade da riqueza, tanto da sabedoria como do conhecimento de Deus! Romanos 11:33

A vitória sobrevém a todos que são leais e constantes em sua lealdade à causa da verdade. “Bem-aventurado é aquele que suporta com perseverança a provação. Porque, depois de ter sido aprovado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor prometeu aos que O amam” (Tg 1:12). Que todos perguntemos: Temos sido, na esfera individual, mordomos de confiança da última mensagem de misericórdia a ser anunciada ao mundo, a mensagem que decidirá nosso destino eterno? Somos fiéis em examinar de perto o eu para ver que tipo de espírito temos demonstrado? Temos o objetivo constante de representar a verdade tal qual ela é em Jesus, ou ela é moldada pelas peculiaridades do obreiro humano? Os fogos da última conflagração consumirão nosso trabalho?

A fidelidade e a dedicação completa a Deus são essenciais para cada obreiro que deseja receber de Cristo o elogio: “Muito bem, servo bom e fiel” (Mt 25:23). A exortação que Timóteo recebeu do seu pai no evangelho foi: “Cuide de você mesmo e da doutrina” (1Tm 4:16). A grande questão é: Como encararemos o futuro? Nossa única segurança está em realizar a obra dia após dia, trabalhando, vigiando e aguardando. A cada instante, devemos depender da força Daquele que estava morto, mas hoje vive, e vive para sempre. Precisamos cuidar de cada passo. Enquanto avançamos, a nossa pisada deve ser firme, a fim de que possamos nos mover com solidez para o alto e avante.

Muitos são de Laodiceia e vivem em condição espiritual de autoengano. Trajam-se das vestes da justiça própria, imaginando que são ricos, cheios de bens e sem necessidade alguma; quando, na verdade, precisariam aprender todos os dias de Jesus, de Sua humildade e mansidão. Caso contrário, se verão falidos e descobrirão que toda a sua vida é uma mentira. Nós que anunciamos a última mensagem de misericórdia a um mundo culpado devemos representar Jesus na pureza e na negação do eu, a fim de que lábios humanos possam proferir as palavras inspiradas pelo Espírito Santo de Deus: “Abra as portas do coração e deixe Jesus entrar”. O grande Vendedor de riquezas espirituais convida você a reconhecê-Lo. Ele diz: “Aconselho que você compre de Mim ouro refinado pelo fogo, para que você seja, de fato, rico. Compre vestes brancas para se vestir, a fim de que a vergonha de sua nudez não fique evidente, e colírio para ungir os olhos, a fim de que você possa ver” (Ap 3:18) (Carta 66, 1894). 

PARA REFLETIR: Quais riquezas espirituais Jesus tem lhe concedido? 

MEDITAÇÃO DIÁRIA

21 de julho

https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-grande-vendedor-de-riquezas-espirituais/

Nenhum comentário:

O PADRÃO DE BONDADE

  O PADRÃO DE BONDADE E Ele disse-lhe: “Por que Me chamas bom?” Mateus 19:17, ARC O grande conflito entre o Príncipe da luz e o príncipe das...