domingo, 28 de novembro de 2021

Reconciliação do pecador com o Criador - Hebreus 10

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Hebreus 10

Comentário Pr Heber Toth Armí 

Por meio de Cristo toda a humanidade deve saber que a entrada de acesso a Deus é franca. A reconciliação do pecador com o Criador é possível; porque, em Cristo, o Pai está ininterruptamente disponível a quem quiser.

Observe estes pontos do capítulo em pauta:

• Os sacrifícios oferecidos serviam como lembrança anual dos pecados acumulados do povo (vs. 1-4);

• Deus quer mais que um rito sacrifical de um animal irracional, quer uma entrega total e submissão em seguir a Jesus que, submeteu-Se à vontade do Pai oferecendo-Se como sacrifício pelos pecados da humanidade, tornando-nos aceitáveis aos olhos divinos quando éramos reprováveis (vs. 5-10);

• O perdão de pecados é um ato da graça, não de mérito de nossa parte. Contudo, custou um preço altíssimo para Cristo, que derramou Seu sangue. Portanto, “todo aquele que humilha o coração, confessando os pecados, encontrará misericórdia, graça e segurança” (Ellen G. White) (vs. 11-18).

A partir de 10:19, o livro de Hebreus tratará da parte prática da perseverança na piedade.

Quando cristãos estão trôpegos na caminhada rumo ao Céu, quando a fé parece desfalecer frente às dificuldades e quando a satisfação com a mornidão parece mais importante que a busca pela consagração, quatro coisas são imprescindíveis para auxiliar no reavivamento (vs. 19-39):

1. Entrar através do véu diretamente na presença do Deus que está no Céu;

2. Estimular uns aos outros a frequentar aos cultos congregacionais;

3. Lembrar que desistir de Cristo expõe o indivíduo ao julgamento divino;

4. Desenvolver diligentemente a genuína fé que gera obediência a Deus.

Ellen G. White declara:

• “Este é o grande Dia da Expiação, e nosso Advogado está diante do Pai, suplicando como nosso intercessor. Em vez de revestirmos de vestes de justiça própria, deveríamos estar diariamente nos humilhando diante de Deus, confessando nossos pecados e buscando o perdão das transgressões […]. A menos que adentremos o santuário do alto e nos unamos a Cristo na obra de operar nossa salvação com temor e tremor, seremos pesados na balança e achados em falta”.

• “Aqueles q



ue não sentem a necessidade de procurar congregar-se com os santos, tendo a preciosa certeza de que o Senhor se encontrará com eles, mostram quão pouco valorizam a provisão que Deus fez para eles”.

Oremos: “Senhor, reaviva-nos!” – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz

Nenhum comentário:

O MESTRE

 O MESTRE Mas o próprio Jesus não confiava neles, porque conhecia a todos. João 2:24 Apenas os que estão recebendo constantemente novos supr...