terça-feira, 13 de abril de 2021

Permita que sua vida seja consertadaa

MEDITAÇÃO DIÁRIA

Terça-feira, 13 de abril

Permita que sua vida seja consertada

Dispõe-te, e desce à casa do oleiro, e lá ouvirás as Minhas palavras. Desci à casa do oleiro, e eis que ele estava entregue à sua obra sobre as rodas. Como o vaso que o oleiro fazia de barro se lhe estragou na mão, tornou a fazer dele outro vaso, segundo bem lhe pareceu. Jeremias 18:2-4

Quando minha esposa e eu éramos missionários em Boa Vista, no território de Rio Branco (hoje estado de Roraima), no Brasil, dirigimos a construção de uma escola. Um dia, contratei uma carreta e fui com meus dois meninos a uma olaria, onde se fabricavam objetos de cerâmica e também tijolos. Percebi que, em um canto da olaria, havia uma pilha considerável de cacos de barro. Enquanto esperava que enchessem a carreta, perguntei ao proprietário o que tinha causado a quebra de tantos objetos. Ele respondeu que não se tinha dado tempo suficiente para que o barro secasse antes de ir ao fogo, e a umidade havia se transformado em vapor, causando estrago nos objetos. Ele disse que aqueles cacos não tinham utilidade alguma, a não ser para preencher buracos e serem “pisados pelos homens”, sem dúvida.

Evitar que grandes objetos de argila ou metal se rachem durante a manufatura pode ser difícil. Por exemplo, o Big Ben, o famoso sino pendurado no Palácio de Westminster, em Londres, e que é o mais famoso sino do mundo, rachou-se antes de sair da fundição. Foi devolvido para conserto, e o reparo foi tão bem-sucedido que o sino tem marcado o tempo virtualmente sem interrupção, desde que foi instalado, há quase 140 anos.

Ao contrário do que aconteceu com os objetos quebrados que vi em Boa Vista, havia esperança para o vaso estragado que Jeremias viu nas mãos do oleiro. O barro ainda não havia ido para o fogo, de modo que o oleiro simplesmente o moldou de novo. Contudo, uma vez secado ao forno, é impossível refazer o vaso de barro. De modo semelhante, será impossível uma nova criação depois que o fogo do último dia tiver efetuado sua obra.


Paulo diz que “manifesta se tornará a obra de cada um; pois o Dia a demonstrará, porque está sendo revelada pelo fogo; e qual seja a obra de cada um o próprio fogo o provará” (1Co 3:13).


Agora é o momento de permitir que o Oleiro Mestre refaça você e o torne um “utensílio para honra” (2Tm 2:21).


Donald E. Mansell e Vesta W. Mansell, 24/7/1998

Nenhum comentário:

O Perigo da Abundância

  MEDITAÇÃO DIÁRIA 17 de maio - segunda O Perigo da Abundância O qual Se entregou a Si mesmo pelos nossos pecados, para nos desarraigar dest...