sábado, 6 de março de 2021

Segunda Chance - Oséias 14

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Oséias 14

Comentário Pr Heber Toth Armí 

Deus ama curar, restaurar e perdoar. Deus tem prazer em oferecer a segunda chance aos que já desperdiçaram todas as oportunidades da vida. Deus sonha quando não existe perspectiva positiva alguma. Ele espera, mesmo quando parece ser em vão fazê-lo.

O arrependimento (vs. 1-3) é o caminho para experimentar o cumprimento das promessas divinas (vs. 4-9). Em detalhes, o esboço de Thomas E. McComiskey:

A comovente súplica de Jeová a Israel para que volte para Ele:

1. Israel aprende como deveria ser seu arrependimento (vs. 1-3);

2. Jeová confirma a restauração de Israel (vs. 4-7);

3. Os caminhos de Jeová são os justos (vs. 8-9).

O último capítulo do livro do profeta Oseias encerra “com a convicção profética usual de que o objetivo derradeiro de Deus é curar e salvar. Os ídolos serão removidos, a sabedoria será restaurada, e Israel será renovado (14.1-9). Deve-se, no entanto, lembrar que essa purificação não acontecerá sem juízo […]. Os caminhos de Deus estão certos, mas os ímpios precisam tropeçar para que isso fique demonstrado (14.9)” (Paul R. House).

O juízo do ponto de vista bíblico é positivo. Deus quer aniquilar tudo o que é fruto do pecado e do coração pervertido. Deus quer vivificar e vindicar o justo. Para isso Ele precisa julgar para saber quem é quem.

Sobre o último versículo, A Bíblia Andrews explica: “Os padrões de justiça são os caminhos de Deus. Nosso relacionamento com eles determina se somos considerados justos ou ímpios”.

Mais lições de vida:

• O drama de Oseias reflete o drama de Deus desde o início do livro (a lida com a prostituta que depois adultera), até o final. Por isso o profeta clama: “Volta, ó Israel, para o Senhor…” (v. 1).

• Nenhuma obra de nossas mãos e nenhuma potência humana pode salvar como salva o amoroso e gracioso Deus.

• Deus pode e quer perdoar qualquer iniquidade.

• O fato de apelar revela desejo intenso de salvar; por isso, Deus não reluta em expressar Seus mais apaixonantes apelos aos pecadores.

• Confissão, oração, súplica e submissão a Deus constituem o caminho para a restauração.

• A base para reavivamento espiritual é o amor e a misericórdia de Deus oferecidos aos pecadores carentes de perdão e salvação.

• O verdadeiro reavivamento espiritual resulta em reforma da verdadeira religião.

Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

E você, o que aprendeu neste último 14 dias estudando Oseias?

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz

Nenhum comentário:

Era da Velocidade

  MEDITAÇÃO DIÁRIA 28 de Julho, Quarta Era da Velocidade Espera pelo Senhor, tem bom ânimo, e fortifique-se o teu coração; espera, pois, pel...