quinta-feira, 11 de março de 2021

O pecado do povo de Deus - Amós 2

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Amós 2

Comentário Pr Heber Toth Armí 

O povo de Deus que negligencia sua missão, assumindo o pecado das nações para as quais devia testemunhar se torna o mais culpado dos culpados. Para Deus isso é falta de responsabilidade, descaso para com Seus planos e rebeldia pautando-se pela hipocrisia.

“O pecado do povo de Deus é mais severamente condenado. A profecia de Amós, embora tenha sido dirigida também às nações pagãs, foi endereçada principalmente ao povo de Deus. Quanto mais íntima é a relação com Deus, mais grave é o pecado e mais sério o juízo” (Hernandes Dias Lopes).

Após proclamar juízo contra Moabe, os descendentes incestuosos de Ló com sua primogênita (Gênesis 19:37), praticantes da vingança (vs. 1-3), chegou a hora de focar o próprio povo de Deus, Judá (vs. 1-5) e Israel (vs. 5-16).

Por que o povo escolhido de Deus tornou-se alvo de ameaças do Céu?

• “As nações foram castigadas porque haviam pecado contra a lei de Deus, que estava escrita na consciência e no coração das pessoas (cf. Rm 2:14-15). Judá e Israel foram castigadas por terem pecado contra a lei revelada e escrita por Deus” (John MacArthur).

• “O pecado do povo de Deus é mais grave, mais hipócrita e mais danoso que o pecado dos ímpios. É mais grave, porque peca apesar de um maior conhecimento; é mais hipócrita, porque o povo condena o pecado nos outros e não vê o seu próprio; e mais danoso, porque quando o povo de Deus peca provoca mais escândalo. O juízo de Deus começa pela Sua Casa, mostrando que os maiores privilégios implicam em maiores responsabilidades” (Lopes).

Reflita, ore, assimile:

• Rejeitar a Lei de Deus significa rejeitar o Deus da Lei.

• Ser hipócrita é transmitir mensagens com os lábios, mas outra contrária com a vida.

• Justificar o pecado implica defender ao diabo.

• Ninguém está isento das consequências do pecado, é preciso recorrer a Deus.

• Tudo piora quando se foge de Deus, é preciso fugir para Deus.

• Pertencer a Deus tem grandes privilégios, mas traz muitas responsabilidades.

“Uma vida espiritual que não dá amplo espaço para a justiça articulada pelos profetas acaba nos tornando piores, não melhores; ela nos separa dos caminhos de Deus, em vez de nos atrair para eles” (Eugene Peterson).

Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz

Nenhum comentário:

O ato estranho de Deus

 MEDITAÇÃO DIÁRIA Domingo, 18 de abril O ato estranho de Deus Para realizar a Sua obra, a Sua obra estranha, e para executar o Seu ato, o Se...