quinta-feira, 11 de março de 2021

Vigilância

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

Quinta-feira, 11 de março

Vigilância

Por isso, ficai também vós apercebidos; porque, à hora em que não cuidais, o Filho do Homem virá. Mateus 24:44

Conta-se o caso da extraordinária dedicação de um cão a seu dono. Um dia, o homem se machucou gravemente e foi levado a toda pressa para o hospital. O cãozinho o acompanhou. Quando o ferido foi transportado da ambulância para o leito, despediu-se de seu amigo à porta, com as palavras: “Voltarei logo, Tupi! Espere aqui por mim!”

O homem faleceu na mesa de operação, mas o fiel Tupi ficou lá de sentinela. As horas se tornaram em dias, os dias, em semanas, e Tupi permaneceu esperando seu dono. Empregados do hospital colocaram uma esteira junto à porta para Tupi, e davam-lhe comida. O cão permaneceu fiel à ordem de seu senhor até o fim.

O Salvador nos diz: “Meus filhos, Me ausentarei por algum tempo, mas voltarei. Esperem-Me e estejam prontos quando Eu voltar!”

Este é o momento em que devemos tomar a decisão de nos preparar para aquele dia glorioso. As Escrituras afirmam que nosso corpo será transformado, de corruptível para incorruptível, num instante, num abrir e fechar de olhos, mas os escritores inspirados não falam a mesma coisa quanto ao nosso caráter. É nosso dever buscar aperfeiçoá-lo agora. O que seremos quando Jesus vier depende das decisões que tomamos agora, do nosso procedimento de hoje. Temos de estar preparados e aguardando o Salvador.

É brilhante a esperança do segundo advento. Traz-nos também um pensamento sério. A expectativa de encontrarmos o Criador face a face deve nos levar a pensar seriamente. Ela nos apresenta a decisão mais importante da vida, a qual nos levará a romper com o pecado agora, a fim de estarmos prontos naquele tempo!

Jesus mesmo diz: “Por isso, ficai também vós apercebidos; porque, à hora em que não cuidais, o Filho do Homem virá.” Você está realmente preparado para a vinda de Jesus?

Robert H. Pierson, 18/8/1960

•••

Nenhum comentário:

O ato estranho de Deus

 MEDITAÇÃO DIÁRIA Domingo, 18 de abril O ato estranho de Deus Para realizar a Sua obra, a Sua obra estranha, e para executar o Seu ato, o Se...