terça-feira, 13 de outubro de 2020

O Milagre da Recriação

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

13 de outubro

O Milagre da Recriação

E assim, se alguém está em Cristo, é nova criação; as coisas antigas já passaram, eis que se fizeram novas. 2 Coríntios 5:17

Esse texto é um sopro de esperança que atinge a todos nós que temos consciência da impossibilidade de nos tornarmos melhores tendo como base nossos esforços. Dirigindo-se ao povo de Judá, o Senhor disse: “Pode, acaso, o etíope mudar a sua pele ou o leopardo, as suas manchas? Então, poderíeis fazer o bem, estando acostumados a fazer o mal” (Jr 13:23). Essa é a realidade comum a todas as pessoas, em todos os tempos e lugares. O pecado enraizou-se em nossa natureza e nela produz seus frutos venenosos que afetam nossa vida pessoal, nosso relacionamento com Deus e com o semelhante, comprometendo o ideal de vivermos a eternidade com Ele.

Graças a Deus, tudo pode ser feito de novo! De início, convém lembrar que as palavras do verso de hoje foram proferidas por alguém com autoridade para fazê-lo: o apóstolo Paulo. Por experiência própria, ele conheceu a maravilha do poder capaz de revolucionar a vida, o poder de Cristo, que o fez amar tudo o que antes odiava, odiar tudo o que antes amava e renunciar a tudo a que ele, anteriormente, se apegava. Em certa ocasião, Paulo disse: “Considero tudo como perda, por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; por amor do qual perdi todas as coisas e as considero como refugo, para ganhar a Cristo” (Fp 3:8).


A expressão “se alguém está em Cristo” é seu modo de se referir à ligação pessoal, ao elo mais íntimo entre Cristo e quem O aceita como Salvador e Senhor. Somente nessa interação é que podemos nos tornar “nova criação” ou “novas criaturas”. O poder de Cristo não atua para melhorar o que somos. Seu objetivo é nos recriar, refazer-nos espiritualmente. A mudança é radical em nosso estilo de pensar, sentir, falar, fazer e viver.

Estando em Cristo, a velha maneira de ser e agir não faz mais sentido. Trataremos as pessoas com a mentalidade Dele, indistintamente, não importando o que elas sejam nem o que tenham feito. Desse modo, devemos amar até os inimigos com o amor redentor, assim como Jesus nos reconciliou com Ele quando éramos Seus inimigos (Rm 5:10). Estar em Cristo e ter recebido a novidade de vida que Ele produz é ser e agir à semelhança Dele.

Nenhum comentário:

Mãos intercessoras

MEDITAÇÃO DIÁRIA 31 de outubro Mãos intercessoras Ora, as mãos de Moisés eram pesadas; por isso, tomaram uma pedra e a puseram por baixo del...