sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Promessa de Restauração - Isaías 35

Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Isaías 35
Comentário Pr Heber Toth Armí 

 O Éden perdido precisa, e será restaurado. Mas, como? Isso é impossível ao ser humano, mas não para Deus. O caos deste mundo terá fim! Deus está trabalhando para restaurar o Éden.

O capítulo anterior enfatiza a erradicação do mal e dos efeitos do pecado na natureza. O capítulo em questão mostra os privilégios dos poucos pecadores que aceitarem e se submeterem ao plano de salvação. Enquanto Edom é destruído, o Éden será restaurado.

1. A terra amaldiçoada devido ao pecado (Gênesis 3:17-18; 4:12) será abençoada com o reino messiânico (Isaías 35:1). Toda a criação geme e aguarda o dia da restauração, a qual beneficiará aos remanescentes redimidos, submissos ao Espírito Santo (Romanos 8:18-23).

2. A beleza da natureza perdida pela deterioração do pecado voltará quando Deus a restaurar para os Seus restaurados filhos (v. 2):

a) Deus dará a glória do Líbano até ao árido deserto;
b) Deus dará o esplendor do monte Carmelo e de Sarom;
c) Pois, a glória e o esplendor do Senhor se farão presentes.

3. A restauração da terra desgraçada pelo pecado trará alegria imensurável aos libertos do pecado. “O uso de vários termos que expressam alegria é notável: ‘alegrar’, ‘exultar’, ‘florescer como narciso’, ‘florescer abundantemente’, ‘jubilar de alegria e exultar’ (v. 1, 2)” (Bíblia Andrews).

4. A promessa de restauração visa abençoar psicologicamente. Desperta esperança, motivação, determinação, unidade e companheirismo nos crentes (vs. 3-4).

5. A promessa envolve bênçãos físicas, tais como cego enxergar, surdo passar a ouvir, aleijado ser restaurado, mudo começar a cantar; pois, tudo na natureza será reparado (vs. 5-6). “A linguagem destes versículos foi usada por Jesus para relatar suas realizações a João Batista, apresentando-lhe evidências do amanhecer da era de salvação anunciada pelo profeta Isaías (ver Mt 11:2-4; Lc 7:18-23)” (Bíblia Andrews).

6. O cumprimento desta profecia poderia ter sido completado na primeira vinda do Messias (ou antes); entretanto, o povo não correspondeu à expectativa divina (vs. 8-10). Conquanto, “o cumprimento final das profecias deste capítulo ocorrerá na segunda vinda de Cristo e na nova terra” (Bíblia Andrews).

Apesar da desobediência dos judeus, as promessas de Deus se cumprirão plenamente (ver Apocalipse 21:1-5). É possível estarmos todos inclusos nelas, caso nos entreguemos 100% ao judeu Jesus reavivando-nos diariamente!

Anime-se! Alegre-se! – Heber Toth Armí.
 #ebiblico #rpsp #rbhw

Nenhum comentário:

FORÇA!

MEDITAÇÃO DIÁRIA 29 de outubro FORÇA! Não fui Eu que lhe ordenei? Seja forte e corajoso! Josué 1:9, NVI Apesar da morte de Moisés, a missão ...