Translate

domingo, 22 de março de 2020

SUBMISSÃO

MEDITAÇÃO DIÁRIA

22 de março
SUBMISSÃO

Considerando cada um os outros superiores a si mesmos. Filipenses 2:3, NVI

Algumas palavras parecem nos assustar. Ambição, por exemplo, carrega a ideia de presunção ou cobiça; embora também implique desejo de obter sucesso e busca pela excelência. Crítica é outra palavra que, sendo maldosa, não deve existir entre cristãos; porém, feita com amor e tato pode ajudar. Uma palavra que define uma virtude cristã e que tem sido desvirtuada é submissão.

Pelo ensinamento bíblico, a ideia de submissão focaliza o espírito com que vemos outras pessoas. Ela não existe sobre a base do “manda quem pode, obedece quem tem juízo”. Ao contrário da maneira pela qual o mundo a entende, ela valoriza outras pessoas. Os sonhos do outro se tornam importantes para nós; alegramo-nos com seu sucesso. Sentimos tristeza por seus fracassos. Na medida do possível, doamos de nós mesmos para que ele seja feliz e bem-sucedido.

A submissão nos livra de alimentar ira e amargura quando sentimos que alguém não pensa da mesma forma que nós. Ela nos liberta para que tratemos todas as pessoas da maneira como queremos ser tratados: sem retaliações, autoritarismo, discriminação nem indiferença.

Justamente porque Deus nos valoriza, respondemos a Ele com nossa submissão, consagrando-Lhe nossos pensamentos, atos e palavras, permitindo que Ele cumpra em nós Seus planos. Se quiser nos humilhar ou exaltar, seja feito de acordo com Seu querer. Entendemos que o Senhor sabe o que é melhor para nós. Tem-se dito que fé não é apenas a crença de que Ele tudo pode, mas a aceitação submissa e confiante do que Ele deseja.

Devemos ser submissos em família. Nesse caso, o primeiro ato de submissão deve ser o compromisso de ouvir e a boa vontade para partilhar, compreender, perdoar, aceitar e amar. Também devemos ser submissos no relacionamento com os semelhantes, “tendo o mesmo modo de pensar, o mesmo amor, um só espírito e uma só atitude. Nada façam por ambição egoísta ou por vaidade, mas humildemente considerem os outros superiores a si mesmos. Cada um cuide, não somente dos seus interesses, mas também dos interesses dos outros” (Fp 2:3, 4, NVI).

Não é fácil ser submisso, mas é uma virtude necessária a todos os cristãos: homens e mulheres, pais e filhos, cônjuges, amigos, patrões e empregados, líderes e liderados. Existe apenas um limite à prática da submissão: quando ela for ameaça a nosso relacionamento com Jesus, que pode substituir um coração egoísta por um coração manso, disposto a amar.
Meditações Matinais - De Coração a Coração, Zinaldo A. Santos
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis